Prestação de contas da Gestão  Márcio Wozniack, são reprovado pelos vereadores de Fazenda Rio Grande

 Prestação de contas da Gestão  Márcio Wozniack, são reprovado pelos vereadores de Fazenda Rio Grande
Compartilhe

Atualizado em 17 de junho ás 13h56min

A 11ª Sessão Extraordinária da Câmara de Vereadores de Fazenda Rio Grande da tarde de quarta feira (15/06), sendo que a ordem do dia pautada seria a votação da Prestação de Contas do Poder Executivo Municipal referente ao exercício de 2016.

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná enviou um Parecer Tecnico à Câmara Municipal em 10/12/2021, iniciando-se o procedimento de julgamento nº 03/21, seguindo todos os trâmites legislativos, conforme determina o Regimento Interno, foi encaminhado à Comissão de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle, onde foram colhidas as informações necessárias e encaminhado para a votação do Plenário Legislativo.

Votação sobre a Prestação de Contas do ano 2016.

Em sua análise técnica, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná, emitiu parecer prévio no processo de contas n° 267258/20, de responsabilidade do Gestor Marcio Cláudio Wozniack, recomendando, além de multas ao gestor, pela IRREGULARIDADE das contas levando em consideração as seguintes IRREGULARIDADES:

1) Déficit orçamentário/financeiro de fontes financeiras não vinculadas;

2) Divergências de valores entre o balanço patrimonial, emitido pela contabilidade e os dados encaminhados pelo SIM-AM;

3) Extrapolação do índice de despesas com pessoal – Análises do 1°, 2° e 3° quadrimestres;

4) Obrigações de despesas contraídas nos últimos dois quadrimestres do mandato que tenham parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa;

5) Relatório do Controle Interno apresenta ocorrência de Relatório Resumido da Execução Orçamentária do exercício de 2016;

6) Entrega dos dados do SIM-AM com atraso.

Os parlamentares da Câmara Municipal realizou o julgamento, reprovando a prestação de conta do ano de 2016 Os vereadoresGilmar Petry (CIDADANIA), Marco Antônio (PP), Doriane Hammad (PSL), votaram contra a reprovação.

Ex prefeito Márcio Wozniack

A Camara de vereadores deve comunicar o Ministério Público para que o mesmo de continuidade no processo a fim de ser ressarcido a maquina publica os valores descritos na prestação de contas.
Cabe ao Ex Prefeito Márcio Cláudio Wozniack, a sua defesa também poderá recorrer da decisão que pode deixar 8 anos inelegível.

oreporter

Related post