Sandro Proteção, Marcondes e Nassib são inocentados de acusação durante campanha

 Sandro Proteção, Marcondes e Nassib são inocentados de acusação durante campanha
Compartilhe

Por: Dayanne Wozhiak

A justiça decretou a inocência do vereador Alesandro Bordignon (Sandro Proteção), do prefeito Nassib Hammad e do vice-prefeito Marco Marcondes quanto a uma suposta compra de votos durante a campanha em 2020. O caso, que foi levado à zona eleitoral de Fazenda Rio Grande e corria em segredo de justiça, colocava os três políticos como acusados de terem oferecido um churrasco a eleitores. Entretanto, a justiça entendeu que eles eram apenas convidados e que não houve abuso de poder econômico ou intenção de pleitear votos.

De acordo com o artigo 41 da Lei Complementar nº 64/1990, ainda que não houvesse pedido explícito de votos, a comprovação dessa ação ainda que indireta, já comprometeria os envolvidos, podendo, inclusive, ocasionar a perda de cargo político.

Segundo as testemunhas ouvidas, porém, o churrasco realizado na chácara do ex-vereador Gilberto Batista (Gilberto do Dog) era, na verdade, em alusão à formatura do filho do anfitrião. Entre os convidados, estavam os investigados, mas, segundo as oitivas, não houve discurso dos mesmos e também não foi feita entrega de santinhos ou mesmo solicitado o voto por qualquer um dos presentes. xona

Dessa forma, para o juiz eleitoral da 144ª zona eleitoral, Peterson Cantergiani Santos, o pedido de investigação é improcedente. Segundo a sentença, “Quando o conjunto probatório dos autos não é capaz de apontar, sequer de forma mínima, que os Recorridos realizaram a captação ilícita de sufrágio torna-se inexorável o julgamento de improcedência da pretensão e, por consequência, impossibilitada a discussão sobre eventual abuso de poder econômico decorrente da captação ilícita de sufrágio.”

Para o vereador Sandro Proteção, foi uma vitória e ele aproveita para deixar claro, aos “mal-intencionados”, que ficou provada a boa conduta dele e dos companheiros de chapa. “Era um evento particular que a gente simplesmente foi convidado a dar uma passada. Ficou provado que a gente não fez nada de errado. Que tudo aquilo que a oposição estava acusando não era verdade. Que a denúncia foi infundada e agora a gente prova isso”, conclui.

oreporter

Related post