Casais de FRG podem participar de Casamento Coletivo gratuito

 Casais de FRG podem participar de Casamento Coletivo gratuito
Compartilhe

Casais de Fazenda Rio Grande, que têm interesse em oficializar a sua união no civil, poderão fazer parte do Casamento Coletivo realizado em Curitiba, em 23 de março. O evento gratuito realizado pela Prefeitura de Curitiba, em parceria com o Tribunal de Justiça do Paraná, o programa Justiça no Bairro e o Sesc/Senac, tem como objetivo oficializar a união de casais que não têm condições de arcar com os custos de um casamento.

De acordo com o Oficial de Registro Civil no município, Luiz Felipe Gonçalves Santiago, o evento ocorre a cada dois anos, mas no ano passado o Governo do Estado realizou também uma grande cerimônia na Arena da Baixada, reunindo casais de todo o estado, incluindo 27 casais de Fazenda Rio Grande.

“É um casamento mais restrito esse ano, um casamento principalmente para Curitiba e algumas cidades que foram escolhidas no entorno. Fazenda Rio Grande teve esse benefício para a população”, explica o Oficial de Registro Civil.

Podem fazer parte do casamento pessoas de todas as orientações sexuais, sejam relacionamentos hétero ou homoafetivos. De acordo com a secretária de Assistência Social do município, Giuliana Marcondes, a restrição é apenas a renda familiar, que deve ser de até três salários-mínimos mensais, além da idade dos noivos – que devem ser maiores de 18 anos ou então apresentar autorização dos pais ou responsáveis caso tenham entre 16 e 17 anos.

“[A relevância é] muito grande. Todos esses programas do Justiça no Bairro, com o Sesc em Curitiba, a gente tem uma demanda bem grande pela questão financeira mesmo. Às vezes o casal está junto há algum tempo já, mas deixa se acomodar ou de realizar o casamento por causa do valor. Então quando a gente divulga aqui no município, tem bastante gente interessada”, afirma Giuliana.

Os casamentos serão realizados no dia 23 de março, na rua da Cidadania do bairro Fazendinha, em Curitiba. Mas os casais fazendenses interessados têm somente até o dia 13 de março para levar a sua documentação até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

Documentos necessários: RG e CPF de ambos + cópias dos documentos, comprovante atualizado de residência, certidão de nascimento (se nunca se casou) e de casamento/divórcio/óbito (se já foi casado ou for viúvo), comprovante de renda familiar.

A secretária diz que se as certidões foram feitas em Fazenda Rio Grande, o Cartório realiza essa atualização gratuita.

oreporter

Related post