Matou o ex-marido da atual esposa na frente do filho e depois tentou estuprar a ex-namorada

 Matou o ex-marido da atual esposa na frente do filho e depois tentou estuprar a ex-namorada
Spread the love

O pior aconteceu na tarde desta segunda-feira na Rua das Américas, no bairro Santa Mônica, em Piraquara. Um homem, após ter acabado de matar o ex-marido da atual esposa na frente do filho do casal, saiu de casa em direção a residência da ex-mulher, na mesma rua, e tentou estuprá-la.

A sargento Alexandra, da Patrulha Maria da Penha do 29° Batalhão da Polícia Militar, foi chamada para atender a ocorrência. “Ele já tem passagem por homicídio, estupro, mas a situação chegou pra gente como violência doméstica. Segundo passaram pra equipe, ele estava tentando voltar com a ex, tentou agredir a mesma, mas ela se negou a voltar. E ele já está em um novo relacionamento com uma moça que mora na mesma rua”, disse a Sargento.

A equipe policial estava se dirigindo para atender a ocorrência, inicialmente de violência doméstica. Chegando próximo ao local, os policiais viram uma movimentação na mesma rua. Então receberam informações que ali, havia acabado de acontecer um homicídio.

Ao entender a dinâmica da situação, a equipe policial descobriu que ocorreram dois crimes em um intervalo de trinta minutos. O homem que matou o ex-marido da esposa e que tentou estuprar a ex-namorada. foi identificado.

A vítima teria ido na casa do casal buscar alguns pertences dele e do filho que ficaram na residência após a separação e acabou levando um tiro no rosto e não resistiu ao ferimento.

Em seguida, o agressor foi na casa da ex-mulher que fica na mesma rua na tentativa de reatar o relacionamento, mas de uma forma não muito convencional. Ou seja, pediu para voltar ao mesmo tempo em que tentou estupra-la.

Próximo a chegada dos policiais, o criminoso conseguiu fugir. Segunda informações, mesmo com a chegada dos policiais ele ficou por perto acompanhando o trabalho dos policiais para ver o que poderia acontecer. Como se não bastasse, além da criança ver a morte do próprio pai, teve que ficar recebendo mensagens ameaçadoras do assassino dizendo que voltaria para terminar o serviço.

Apesar de ter ficado pelas redondezas, até o momento desta reportagem, o assassino ainda não foi localizado.

oreporter

Related post