Pais são presos acusados de matar filho de apenas 2 meses em Curitiba

 Pais são presos acusados de matar filho de apenas 2 meses em Curitiba
Compartilhe

Eles levaram a criança desacordada para a UPA, mas não adiantou.

Tenente Felix da Polícia Militar, emocionada, falou do caso (Divulgação)

Da Redação

A Polícia Civil de Curitiba investiga a morte de um bebê, de apenas dois meses, na tarde desta quinta-feira, em Curitiba. Com sinais de sintomas pelo corpo, a criança foi levada pelos pais a UPA do Boqueirão, onde entrou em óbito.

A polícia recebeu a informação da equipe médica, de que o bebê apresentava sinais de violência e os pais foram presos e levados para a Central de Flagrantes. Ele tem 29 e ela 21 anos. Pelo que foi levantado, os ferimentos foram causados no interior de uma casa da família, no Boqueirão.

A reportagem de O Repórter acompanhou o caso. A Tenente Felix relatou  que a PM apurou que a criança tinha sangue saindo pela boca e, no interior da casa, havia plasma pelo chão. A oficial se apresentou emocionada ao falar da morte de um ser de apenas dois meses. “Havia sinais de violência e indícios de afundamento do crânio. Uma situação anormal”, disse a tenente. “Isso precisa ser esclarecido”, disse a Tenente Felix, com os olhos em lágrimas.

A polícia seguia ouvindo os pais, separadamente. Uma coletiva de imprensa deve ser realizada ainda hoje para que outras informações sejam esclarecidas. Repórteres que cobriram o caso, se mostravam emocionados ao repercutir a morte. O Repórter acompanha o desenvolvimento da ocorrência.

junior

Related post