Vereadores querem explicações da direção da Leblon sobre caos no transporte coletivo em Fazenda Rio Grande

Presidente Alexandre Maringá e vereadores, querem explicações sobre caos no transporte de passageiros (Imagem Assessoria)

Da Redação

Usuários do transporte coletivo de Fazenda Rio Grande, principalmente os que precisam chegar à Curitiba pela linha Fazenda-Curitiba, iniciaram a semana com muitas reclamações, pois o número de ônibus, na segunda-feira, correspondia aos horários de sábado e domingo, quando a empresa diminui acentuadamente os veículos em circulação. Ônibus lotados e terminal cheio, com a verificação de muita aglomeração. Houve um ensaio, pelas redes sociais, de uma manifestação no portão da empresa para reclamar. “Estamos sendo desrespeitados. Pagamos cara a passagem e circulamos em ônibus lotados. Essa empresa precisa nos respeitar”, disse à reportagem, Valdirene Oliveira, moradora do Bairro Iguaçu.

Diante de tantas reclamações e descaso, o vereador Alexandre Maringá, presidente da Câmara Municipal, com aval dos demais vereadores, por meio de documento, convoca os representantes da empresa Leblon e da COMEC, que gerencia o sistema de transportes na Região Metropolitana de Curitiba, com o objetivo de tratar sobre assuntos relacionados ao transporte público em Fazenda Rio Grande. “Como representantes do povo temos esta prerrogativa e, queremos saber o que pode ser feito para melhorar o sistema”, resume Alexandre Maringá. Essa iniciativa e união dos representantes da Câmara Legislativa, tem como principal objetivo contribuir para o bem comum dos trabalhadores que usam diariamente as conduções públicas. A reunião, em princípio, está marcada para o dia 26 próximo.

Veja também...