Vereadores de Agudos do Sul aprovam suspensão do IPTU por 6 meses

Sessão extraordinária realizada no legislativo de Agudos do Sul (Imagem Divulgação)

Da Redação

A Câmara de Vereadores de Agudos do Sul, aprovou por unanimidade, indicação do presidente Everson Luan Adolphatto, solicitando ao prefeito Jesse Zoellner, a suspensão do IPTU pelo período de 6 meses. Ao explicar o pedido, Everson destaca que o reajuste aplicado pela gestão anterior, no ano de 2020, foi um dos maiores do Paraná e precisa ser revisto. “A ex-prefeita aplicou um reajuste anormal e o índice precisa ser revisto”.

A justificativa do presidente Everson Adolphatto é que a suspensão, por seis meses do IPTU, se deve a pandemia, que afetou economicamente às famílias e, os valores lançados no ano passado, podem estar equivocados. “Sabemos que os contribuintes pagam em dia seus impostos, mas devido a crise que passa o País, muitos ficaram sem empregos e, sem condições de pagar o IPTU, que no ano passado, subiu acima da média. Foi um dos maiores aumentos do Paraná e, isso precisa ser revisado. Acredito que a Secretaria Municipal de Administração e Finanças vai avaliar o reajuste e cobrar um valor justo”, acentua Everson.

Veja também...