Suspeitos de matar por engano adolescente que doaria medula óssea ao pai são presos em Almirante Tamandaré

Foram cinco homens presos durante a ação da polícia — Foto: Divulgação/PM

G1 Paraná

Suspeitos da morte por engano de um adolescente de 16 anos foram presos em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta quinta-feira (25), de acordo com a Polícia Militar. O jovem foi assassinado a tiros na cidade no lugar do irmão, segundo a família. Foram cinco homens presos durante a ação da polícia.

Segundo a PM, um veículo tentou fugir após uma abordagem dos policiais no município. Quando o carro foi parado, um dos suspeitos da execução foi identificado. Ele estava com munições e cocaína dentro do carro. Depois disso, ele indicou o endereço onde estava a arma de fogo, onde o item foi apreendido. Outros quatro homens foram presos durante as buscas no local e em outras duas casas. A Polícia Civil investiga o caso, que aconteceu na quarta-feira (24).

De acordo com a mãe do adolescente, ele era estudante e estava prestes a fazer uma doação de medula óssea para o pai, que passa por um um tratamento de leucemia. A família informou que acredita que o adolescente foi confundido com o irmão mais velho, de 23 anos, que possui passagens pela polícia. Conforme informaram os familiares à polícia, os suspeitos se aproximaram do adolescente em um carro preto, atiraram e fugiram em seguida.

Veja também...