CuritibaDestaquePolícia

Suspeito em carro roubado morre em troca de tiros com a Polícia

Carro foi roubado no bairro Boqueirão, em Curitiba. Atos suspeitos do condutor chamaram a atenção da equipe policial

Até a chegada do IML para a remoção do corpo, uma das pistas da BR-116  ficou congestionada

Por Rodrigo Schievenin e Marcelo Borges – Portal Banda B

Um suspeito flagrado dirigindo um veículo roubado, na tarde desta segunda-feira (9), foi morto em troca de tiros com a polícia, na entrada da Vila Pompeia, na BR-116, no bairro Tatuquara, em Curitiba. O condutor da caminhonete Hilux teria reagido a uma tentativa de abordagem, no momento em que estava parado em um sinaleiro.

O capitão Faustino, da 13º Batalhão da Polícia Militar (PM), conta que o carro havia sido roubado pela manhã, no bairro Boqueirão, e foi encontrado por uma equipe da PM durante patrulhamento na linha verde. “No período da tarde, uma equipe do 13º Batalhão fazia patrulhamento pela linha verde, quando avistou o veículo e percebeu que o condutor demonstrava preocupação com a presença da viatura. Foi feito o levantamento da placa e verificado que o veículo estava com o alerta de roubo. Começou então um acompanhamento para tentar a abordagem, que aconteceu no momento em que o trânsito parou no semáforo”, relatou o capitão.

Com a aproximação dos policiais, o suspeito teria avançado contra outros veículos em uma tentativa de fuga. “Em determinado momento, esse cidadão teria apontado uma arma e atirado contra os policiais, que revidaram. O condutor do veículo morreu e um policial ficou com um ferimento na mão, por conta de estilhaços”, relatou Faustino.

Judielson de Aguiar, um vendedor de água que passava pelo local no momento da troca de tiros, afirma que estava com a esposa quando ouviu mais de dez disparos e se jogou no chão. “Estava aqui com minha esposa, quando escutei vários tiros e corri com ela. Foi feio, foram uns 10 ou 15 tiros, só me joguei no chão”, conta o vendedor.

Uma das faixas da BR-116 foi bloqueada por conta do confronto e o corpo do suspeito foi recolhido pelo Instituo Médico Legal (IML).

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content