DestaqueFazenda Rio GrandeSaúdeVideos

Secretários de estado garantem reabertura da Maternidade e investimento de R$ 17 milhões em obras

Durante a reunião também ficou acordado que a Maternidade Nossa Senhora Aparecida deverá ser reaberta até o final do ano e o governo do estado poderá liberar cerca de R$ 400 mil para custeio, valor abaixo de 50% dos custos que o município terá para manutenção, cerca de R$ 1,5 milhão.

Para Beto Preto esse será um novo desafio. “Em novembro ou dezembro a maternidade estará aberta, claro que precisamos também correr atrás de financiamentos federais, ministérios; serão quase R$ 400 mil para custeio, incentivos financeiros, o município vai cotizar grande parte, mas falta pouco para fechar essa conta”, disse.

Com relação às obras, o secretário João Carlos Ortega, da Sedu, disse que a meta de atingir os 100% de asfalto será atingida.

“Serão cerca de R$ 17 milhões em financiamento para bons projetos, obras estruturantes e pavimentação, queremos atender Fazenda Rio Grande como um todo. Serão obras completas com calçamento, galeria pluvial, as certidões já foram conseguidas (junto ao TCE)”, avaliou.

O prefeito elogiou a postura do governo do estado, que mostrou interesse em debater os problemas no município e comemorou a liberação de recursos.

“Essa vinda (dos secretários) nos trouxe segurança e os vereadores viram também como é o funcionamento desse processo. Além disso, na Saúde, vamos criar uma estrutura em Fazenda Rio Grande que é essencial, trazendo economia ao estado, agilidade e proximidade com municípios, vamos garantir saúde para todas essas mães”, disse.

Apesar do otimismo, o prefeito sabe que serão necessários grandes investimentos. “Teremos que garantir emendas de custeio, o hospital vai custar no mínimo R$ 20 milhões, importante que o governo federal, que tem responsabilidade sim, libere recursos”.

O secretário de Obras, Marcelo Pelanda, elogiou o trabalho feito pelo Estado. “Muito boa a iniciativa do governo e com relação aos recursos, temos bons projetos para levarmos adiante nosso processo de obras e modernização do município”, comentou.

A secretária de Saúde, Irani Santos, disse estar atenta aos passos dados em direção à reabertura da Maternidade. “Confiamos nessas garantias que estão sendo dadas para nós, precisamos colocar a saúde das gestantes de forma prioritária e com boas iniciativas iremos garantir o bom funcionamento do hospital e maternidade”, concluiu.

Estiveram presentes, os secretários municipais de Fazenda Rio Grande, Professor Ednelson Sobral, da Assistência Social, José Roberto Zanchi, da Defesa Social, Capitão Feitosa, da Educação; Bruno Assis, dos Esportes, Claudemir Andrade, da Administração; e Cíntia Wozniack, da Mulher. Os vereadores Julinho Theodoro (presidente da Câmara), Gilmar Petry, Dudu Santos, Irmão Miranda, Rafael Campaner, Paulinho Coxinha e Marco Marcondes.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content