CuritibaDestaqueGeral

Produtores que vendem na Ceasa dão alimentos em protesto em Curitiba

Centenas de trabalhadores rurais que vendem frutas, verduras e legumes no Mercado do Produtor da Ceasa (Centrais de Abastecimento do Paraná) estão fazendo um protesto e distribuindo verduras e legumes para quem passar pelo no Centro Cívico, entre a prefeitura e o governo do Estado, na manhã desta segunda-feira (31). O protesto é pacífico e acontece por causa do descontentamento dos produtores com relação à redução dos dias de exposição na Ceada, que caiu de seis para três. Segundo os produtores, esta decisão veio de cima para baixo, sem o contato com uma comissão dos produtores e afetou diretamente o orçamento das famílias que vendem no Mercado do Produtor. Eles estão distribuindo sacolas com chuchu, abobrinha, alho poró, cenoura, couve, beterraba, salsinha, couve, entre outros.

E ai, Ceasa?

Segundo a Central o processo de diminuição está sendo feito desde 2016 e a análise levou em conta produção e movimentação dos 1594 produtores. Uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, com os Produtores frequentadores desse mercado, entidades representativas, entidades de classe, poder legislativo e do poder executivo, foi exposto toda a situação. Desta forma, após estudos, definiu-se o padrão de acesso ao mercado com três dias para Produtores de Caixarias e de quatro para Produtores de Folhosas. Destes, segundo a Ceasa, 132 produtores ultrapassam estes padrões. Além disso, há uma fila de mais 300 agricultores familiares que precisam de apenas um dia para expor.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar