DestaqueEconomiaQuitandinha

Prefeitura Maria Julia anuncia antecipação do 13º dos funcionários

Administração com responsabilidade, transparência e pagamento integral antecipado do 13º

Da Assessoria

Pela primeira vez na história, numa demonstração de saúde e responsabilidade financeira, a prefeitura de Quitandinha pagará integralmente o 13º salário dos funcionários públicos, ainda na primeira semana de novembro. O município vai na contra mão da realidade de outros municípios, que geralmente dividem em duas parcelas ao fim do ano. O gesto é sem precedentes na história do município, que em outras gestões mantinha o costume de pagar o direito próximo das datas limites previstas em leis trabalhistas. De acordo com a Secretaria de Administração e Finanças do município, é prevista uma injeção de mais de R$ XX milhões de Reais na economia da cidade.

A prefeita Maria Julia, em seus últimos meses de mandato, festeja a notícia e celebra o esforço dos funcionários neste momento de pandemia. “Nós, gestores de municípios pequenos, fomos os mais afetados por toda a crise trazida pelo Coronavirus. Porém, conseguimos concentrar esforços, economizamos e gastamos quantias em momentos certos, e me traz muita alegria poder proporcionar esse direito integralmente para todos os nossos guerreiros que aguentaram – e ainda aguentam – essa guerra conosco”, afirma.

Jaqueline Ribas, Secretária de Administração e Finanças de Quitandinha, explica o porquê do pagamento integral neste momento. “Poderíamos fazer o pagamento em duas parcelas, como é comum em outras áreas públicas e privadas. Porém, ao realizarmos este pagamento integral do 13º, queremos passar para todos uma mensagem de que administrações coesas, limpas e responsáveis são possíveis sim. Queremos e vamos encerrar esta administração com tudo em ordem, com as contas em dia e sem nenhum atraso, começando por este compromisso”, disse. Ainda no esteio dos efeitos da medida no município, Jaqueline ressalta a importância para a economia regional e a valorização profissional. “Nossos funcionários merecem todos os elogios, por resistirem e lutarem contra uma crise sem precedentes na história da nossa geração. Servidores comprometidos com o que fazem, juntos de uma administração coesa e responsável com os recursos do povo, são estas as duas únicas ferramentas que temos nas mãos, desde sempre”, conclui.

Artigos Relacionados