Pinhais está preparada para receber os alunos nesta quinta-feira (18)

Inicialmente retornarão os educandos das escolas e no dia 1º de março dos Centros Municipais de Educação Infantil 

Nesta quinta-feira (18) as escolas da rede municipal de ensino receberão os alunos no retorno das aulas presenciais, após uma intensa preparação respeitando os protocolos de segurança devido à Covid-19. Por não ser de adesão obrigatória, as atividades remotas continuarão a ser disponibilizadas para todos os alunos. 

Para atender todas as turmas, de acordo com as medidas de saúde, os alunos serão divididos em grupos e as aulas ocorrerão no modelo híbrido, ou seja, cada um deles estará presencialmente durante uma semana e na seguinte continuará estudando em casa conforme os blocos de atividades. Essa adequação se dará nos casos em que as turmas precisam ser reduzidas pela quantidade de educandos no modelo presencial. 

As unidades de ensino passaram por uma série de adequações como redução e distanciamento entre mesas e cadeiras nas salas de aula; avisos em diversos pontos reforçando as medidas, como uso de máscara e higienização frequente das mãos; interdição de alguns espaços; local para quarentena dos materiais; disponibilização de luvas e máscaras descartáveis. “Todos os alunos e professores receberão duas máscaras de tecido, além das descartáveis disponíveis em todas as salas, e o cumprimento de todas medidas será fiscalizado por uma comissão formada pela comunidade escolar, em cada unidade”, complementa Andrea Franceschini, secretária de Educação de Pinhais. 

Para estabelecer as medidas mais seguras possível, uma equipe técnica elaborou um protocolo de biossegurança a ser seguido em todas as unidades de ensino. “Nós instituímos um comitê no município com a participação de todos os segmentos da educação, saúde, assistência social, conselhos voltados à área educacional, para que pudéssemos discutir qual seria o melhor modelo de protocolo desse retorno seguro. Então nestas discussões, sempre respaldadas pela Secretaria de Saúde, nós elaboramos um protocolo de biossegurança para esse retorno das aulas”, explica Andrea. 

Neste primeiro momento retornam presencialmente os alunos das escolas, e a partir do dia 1º de março dos Cmeis. 

Veja também...