CidadesGeralPiênPiênPiênSaúde

Piên realiza audiência publica na saúde

Secretaria de saúde apresentou os resultados do segundo quadrimestre em audiência pública

O Secretário de Saúde de Piên, Jair Batista, apresentou em audiência pública na câmara municipal, na última terça-feira, dia 24/09, os resultados da Secretaria janeiro até agosto de 2019. O secretário teve a oportunidade de demonstrar os resultados de sua gestão, já que na audiência anterior, no mês de maio, ele apresentou os dados dos primeiros quatro meses de 2019, período no qual a secretaria ainda não estava sob seu comando. Jair assumiu a Secretaria de Saúde no início de abril/19. O Secretário destacou que o município tem investindo pesadamente na área de Saúde, salientou que, pela Lei, o município deve dedicar 15% das Receitas Correntes na área de Saúde e que em Piên, este percentual até o final de agosto/19, alcançou 22,86% das Receitas.  A soma de todos os recursos gastos com Saúde em Piên, em 2019, foi de R$ 7,6 milhões, sendo que deste valor mais de 5,2 milhões são recursos próprios do município.

O Secretario detalhou como funciona as diversas áreas da Secretaria de Saúde, destacando as várias frentes de trabalho das equipe de profissionais da Secretaria, ressaltando que a área de Saúde vai muito além do atendimento médico e odontológico nos postos de saúde e neste sentido reforçou a importância do trabalho que tem sido desenvolvido pelas mais diversas áreas da Secretaria de Saúde.  Somente nestes últimos 4 meses, foram feitas 1.140 visitas de controle de endemias e vistoriados 890 imóveis que podiam apresentar algum risco à saúde, sem contar que foram coletadas e analisadas mais de 4.300 larvas e pulpas coletadas em armadilhas mantidas em pontos estratégicos no município, que servem de barreira e identificação, caso haja circulação na região de algum vetor transmissor de alguma doença, como por exemplo, o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue ou mesmo o Aedes Haemagogus, transmissor da febre amarela.  “Essas ações de prevenção permitem que uma série de atitudes sejam tomadas, protegendo a população. Por exemplo, assim que as primeiras notícias que o vírus do Sarampo se aproximou de nossa região, imediatamente implantamos um programa de vacinação, da primeira dose da vacina contra o Sarampo, em todos os profissionais de Saúde de Piên, que estão mais expostos a esta doença e também todas as crianças entre 6 meses até 1 ano. A partir do dia 07 de outubro, iniciamos mais uma fase de vacinação do sarampo, agora o foco são as crianças de 6 meses a 4 anos e 11 meses de idade. Dia 19 de outubro será o dia D, de vacinação contra o Sarampo”, comentou o Secretário.

Com base nos dados apresentados, na audiência pública, foi possível constatar uma série de evoluções positivas no segundo quadrimestre do ano, quando comparado com os números do primeiro quadrimestre. Na área de Saúde Bucal foram realizadas uma série de mudanças que resultou na abertura de mais um consultório odontológico na Campina dos Crespins, sem que fosse contratado mais profissionais ou realizado investimentos significativos. “Houve um aumento de 321 consultas disponibilizadas no segundo quadrimestre, no primeiro quadrimestre foram disponibilizadas 2.319 consultas e neste último quadrimestre, após a mudanças que implantamos, conseguimos disponibilizar 2.640 consultas. Também foi significativo o aumento do número de procedimentos realizados pelos dentistas, que saltou de 5.043 para 8.649 e, ainda reduzimos o número de faltas dos usuários nas consultas, pela metade”, destacou o Secretario.

Segundo o secretário, também foram conquistadas melhorias nas ações das ACS (Agentes Comunitárias de Saúde).  “As ACS têm um papel de enorme relevância para tomarmos ações antecipadas, planejadas e eficientes em prol da Saúde dos Pienenses. São as agentes de saúde que nos munem com informações e orientam a população nos temas da Saúde, por isso foi intensificado o número de visitas realizadas pelas mesmas. Saímos da casa de 5.294 visitas no primeiro quadrimestre para 8.258”, salientou Jair.

Os atendimentos médicos também melhoraram, foram 1.205 consultas disponibilizadas a mais no segundo quadrimestre, para os moradores de Piên. No primeiro quadrimestre foram 7.276 consultas e no ultimo quadrimestre as consultas saltaram para 8.481, o que equivale a 16,6% de consultas médicas a mais, para o povo de Piên.

O Secretário vem adotando uma série de ações integradas não só com foco em ações corretivas da Saúde, percebe-se que há uma visão forte na prevenção de doenças e isso pode ser constatado pelo destaque dado às ações das Agentes Comunitária de Saúde, nas ações de Vigilância da Saúde, incluindo a Vigilância Sanitária, Ambiental, Saúde do Trabalhador e Epidemiológica, nas Ações de Saúde Bucal e principalmente no significativo aumento das ações em campo da área de Saúde Nutricional, Saúde Mental e o Serviço Social da Saúde. O número de pessoas, com primeira consulta da Saúde Nutricional, saiu de 83 pessoas para 180 pessoas e as visitas da Nutricionista nas casas triplicou, totalizando 37 visitas nos domicílios. “Não é certo, do ponto de vista da Saúde, tentarmos combater doenças cuja origem seja falha de alimentação, com remédios. Estamos orientando melhor a população de como se alimentar de forma mais adequada para a pessoa ter uma qualidade melhor de Saúde”, frisou Jair Batista.  Os atendimentos de Saúde Mental também aumentaram de 504 para 679, entre o primeiro e segundo quadrimestre e passou-se a dar foco na orientação às famílias dos pacientes em tratamento psicológico, incluindo o atendimento na casa das famílias. “Não raro, um paciente em tratamento de Saúde Mental tem a causa de seus problemas na estrutura e nas condições familiares. Tratar o paciente isoladamente, nestes casos é como enxugar gelo, então precisamos ter atenção e dar o suporte psicológico para a família toda, para que os resultados sejam efetivos. Temos profissional experiente e preparado para essas ações e as intensificaremos”, destacou o Secretário.

Também foi apresentado, pelo secretário Jair Batista, um conjunto de ações da área de Serviço Social da Saúde, destacando que os atendimentos saltaram de 76 no primeiro quadrimestre para 267 pessoas no segundo quadrimestre e dentre as ações da área de Serviços Socias da Saúde destacou os bons resultados obtidos nos grupos de tabagismo, no qual mais de 80% das pessoas que participam ativamente dos grupos, param de fumar. “É um verdadeiro programa de salvação de vidas, porque quem deixa de fumar vai evitar sérios problemas de Saúde. É uma vida nova, com mais qualidade, para quem deixa de fumar”, mencionou Jair.

A Assistência Farmacêutica foi uma das áreas mais destacadas na apresentação do Secretário, durante a audiência, ele demonstrou que a quantidade de atendimentos aumentou em 1.038 pessoas, saltou de 6.717 pessoas atendidas no primeiro quadrimestre para 7.755 pessoas atendidas no segundo quadrimestre do ano, tendo sido entregues 9.766 receituários. “Aumentamos nossos gastos com medicamentos em 13% e com isso conseguimos aumentar em 16% o número de receituários”, citou o Secretário.

Em relação ao Hospital de Piên, esclareceu que a prefeitura mantém contrato de prestação de serviços e que o hospital tem desempenhado papel fundamental para garantir o melhor atendimento possível da população e que mensalmente o Hospital faz um relatório das atividades para a Secretaria de Saúde e, inclusive, mantém um médico auditor que realiza as auditorias nas autorizações de internações hospitalares. Neste segundo quadrimestre, o hospital realizou 268 atendimentos a mais que no primeiro quadrimestre. Entre maio e agosto/19, foram 6.535 atendimentos de pessoas de Piên e mais 871 atendimentos de pessoas de fora do município, totalizando 7.406 atendimentos, resultando em 707 internamentos, no próprio Hospital, no período.

Na apresentação, constatou-se que a equipe da Secretaria de Saúde tem feito diversas visitas nas casas, com equipes multidisciplinares da Saúde, com o objetivo de realizar o atendimento nas diversas frentes que possam melhorar a condição de Saúde e o bem-estar da família, como um todo. “Ter saúde não é só não estar com uma infecção, é estar bem física e mentalmente, por isso as ações estão sendo integradas com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentistas, serviço social, nutricionista, psicóloga, agentes comunitários de saúde, farmacêutica e demais profissionais.  Sei que tenho uma boa equipe e percebo que a cada dia o time tem compreendido melhor nossos objetivos e tem dado uma resposta positiva para a população”, salientou Jair.

“Sabemos que o SUS, desde sua fundação a quase 30 anos, jamais conseguiu atender plenamente a população brasileira e nós da Secretaria de Saúde, somos o braço do SUS no município e, portanto, também estamos sujeitos as mesmas regras e complexidades do sistema de saúde brasileiro, que não conseguiu e nem conseguirá atender todas as demandas por serviços de saúde, imediatamente, como todos desejamos. Mas, aqui em Piên, temos evoluido bem e temos conseguido índices melhores, destacando-se em relação aos municípios da região, por tudo que temos conseguido oferecer para a população. Gastamos muito mais que os 15% exigidos por lei e assim temos conseguido entregar a melhor qualidade possível nos serviços de saúde. Temos uma boa equipe técnica e vamos melhorar ainda mais”, conclui Jair Batista.

 

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content