DestaqueEconomiaMeio AmbienteObrasParanáÚltimas Notícias

Parque do Monge poderá receber atrativos comerciais

Uma reunião nesta quarta-feira (15) entre representantes da Prefeitura e do Instituto Água e Terra do Governo do Paraná definiu algumas mudanças imediatas no Parque Estadual do Monge. A cancela foi retirada do local e abre a possibilidade de exploração comercial no caminho até o Portal de Entrada do Parque.

O encontro foi promovido pelo Prefeito Paulo Furiati e contou com as presenças da Procuradora Geral Samira Karam Semaan, do Secretário municipal de Agropecuária e Meio Ambiente Júlio Bastos, da Engenheira Agrônoma Lia Marcia e dos Representantes do IAT, o Diretor de Patrimônio Natural Rafael Andriguetto e da Gerente de Áreas Protegidas Letícia Salomão.

Em dezembro, em reunião do Conselho Gestor do Parque, o Prefeito deixou claro o posicionamento e o descontentamento do município com a situação do Monge. Na ocasião, em comum acordo foi definido um prazo para uma resposta à reivindicação.

“Demos um passo importante. Dentro da área do parque nós elaboraremos o edital para exploração dos serviços como turismo de aventura, locações e de alimentos e bebidas na estrutura já existente”, explicou Andriguetto. Já na área externa “ em áreas não desapropriadas, vamos retirar a cancela imediatamente para que as pessoas possam ter livre acesso e ao mesmo tempo o município passa a estabelecer um plano de uso para exploração comercial do local”.

O posicionamento do município sempre foi no sentido de criar mais atrativos e fontes de renda para os lapeanos no entorno do Parque do Monge. Uma comissão irá definir, através de critérios técnicos e de acordo com a legislação ambiental, o plano de manejo para deliberar e conceder ou não o uso e a exploração comercial no local.

A Secretaria de Administração colocará um vigia noturno no entorno do Parque para evitar ações de vandalismo.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content