DestaqueFazenda Rio GrandePolíciaÚltimas Notícias

Guarda municipal Aldair Stempinhak será velado na Igreja São Gabriel em FRG

Internado na UTI do Hospital do Trabalhador desde o dia 23 de outubro, o GM Stempinhak teve morte cerebral

GM Stempinhak teve morte cerebral confirmada pela equipe médica do Hospital do Trabalhador

Já está definido o local do velório do guarda municipal Aldair Stempinhak, que faleceu no final da tarde desta segunda-feira (28). A previsão de chegada do corpo do GM a Fazenda Rio Grande será às 17h desta terça-feira (29). O corpo será velado na Igreja Matriz de São Gabriel da Virgem Dolorosa, situada à Rua Farid Estephens, 20, bairro Pioneiros, atrás da Câmara Municipal de Fazenda Rio Grande. O horário do sepultamento ainda não foi definido pela família.

Na segunda-feira (28), a equipe médica que cuidava do GM informou, por meio de boletim médico, que ele teve morte cerebral. Profissional exemplar, era querido por todos os colegas e pela população de Fazenda Rio Grande. O corpo GM Stempinhak será liberado na tarde desta terça-feira (29) para a família.

Entenda o caso

O GM Aldair Stempinhak estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do Hospital do Trabalhador, após ser atingido por um tiro na cabeça, no final da tarde da última quarta-feira (23), na rua Rio Jaú, no bairro Iguaçu, durante uma abordagem a um elemento em atitude suspeita. Ao ser abordado para que fossem realizadas as devidas averiguações, o condutor do veículo Gol vermelho – em alerta de roubo, pois o número da placa não confere com o número do chassis -, em atitude suspeita empreendeu fuga na Rua Rio Jaú, no bairro Iguaçu, em Fazenda
Rio Grande.

A viatura da Guarda Municipal partiu em perseguição ao automóvel Gol, houve troca de tiros e o meliante foi baleado. Ao descer da viatura, para finalizar a abordagem, os guardas municipais foram recebidos à bala e o GM Aldair Stempinhak acabou atingido na cabeça pelo meliante que estava ferido. O elemento suspeito perdeu o controle do veículo, que colidiu com um poste da Copel, na via pública. Devido à intensidade do choque do carro com o poste, o suspeito morreu na hora, pois sangrava muito em decorrência do baleamento. Um outro comparsa estava ferido e foi
preso.

Segundo informações da Comandante da Guarda Municipal, Hilda Soares, a equipe não tinha uma visão favorável, pois os dois elementos se encontravam no interior do veículo, após o capotamento. “Ao se aproximar, a equipe desceu e tomou tiros. O guarda Stempinhak foi atingido na cabeça. Um elemento morreu e foram encontrados dentro do veículo duas armas de fogo e drogas”, declarou a comandante Hilda Soraes. Segundo a Perícia, as armas são da marca Taurus, sendo uma pistola calibre 380 milímetros (mm) e um revólver calibre 32 mm.

Com a chegada da equipe de apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), o guarda municipal foi levado às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h, no bairro Santa Terezinha. Como o caso era grave, o guarda municipal Stempinhak foi encaminhado imediatamente até o Hospital do Trabalhador, onde estava internado na UTI (Unidade de terapia intensiva) após passar por cirurgia no crânio.

Equipe da Polícia Militar no local do crime contra o guarda municipal, dia 23

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content