Lingua de Trapo

Língua de Trapo 489

Segunda-feira, feriado nacional, em homenagem a padroeira do Brasil: Nossa Senhora Aparecida. Diante disso, não teve sessão no legislativo de Fazenda Rio Grande. Mais uma semana enforcada pela edilidade!

Carreata cruzando com carreata. Candidato cruzando com candidato. Assim tem sido a rotina em Fazenda Rio grande, especialmente aos finais de semana, quando a “candidatada” sai às ruas para conquistar votos. Tá um verdadeiro “fuzuê” as ruas do centro fazendense.

Aliás, o Foca anda de bronca com as carreatas pelos bairros. Morador do Bairro Iguaçu, nosso fofoqueiro informa que os candidatos passam em frente a casas onde tem pessoas doentes e, as famílias destes acamados, ficam P da vida com o som com mais de 100 decibéis. O tolerante é 60! Estes proponentes a cargos públicos, certamente levarão um “não” nas urnas.

E, a “carraiada” de cabos eleitorais, com bandeiras e bandeirolas, pelas ruas do centro. Quando um candidato passa pela Cesar Carelli, por exemplo, com seu trio de som e seguidores, o trânsito vira um verdadeiro guaju. Mas, faz parte da campanha!

Uma pessoa ligada ao grupo de vereadores, que tenta dar uma “rasteira” em Chico Santos, afirma que o time tascou a lenha no vereador Martuzi, que não compareceu na sessão extraordinária para votar as contas do ex-prefeito de 2012. Caso estivesse aparecido, o resultado seria outro e, não daria margem para Chico conseguir a nulidade da sessão.

Mas, o Foca, procurou se informar e, descobriu que Martuzi não apareceu para votar, de forma pretenciosa. Dizem que o moço tem alguém da família que trabalha na prefeitura, etc e tal. Para os bons entendedores, meia palavra basta!

E as pesquisas eleitorais “Mandrake”, ou seja, aquelas encomendadas para favorecer este ou aquele, começam a surgir por municípios da região. Estranhamente, uma delas, aponta o candidato disparado em relação ao segundo colocado. Só que, pelas ruas, as pessoas observam mais carros com adesivos do candidato que aparece na pesquisa, em segundo lugar. Lembrando, que pesquisa só pode ser anunciada ou veiculada, com aprovação da Justiça Eleitoral.

Tão logo se encerrou o debate, com sete dos oito candidatos a prefeito de Fazenda Rio Grande, apoiadores de campanha de Chico Santos afirmando nas redes sociais que ele foi o vencedor do debate. Mas, qual o critério adotado para tal afirmação. Não tinha placar eletrônico, nem nada para este tipo de afirmação. Eleição se vence nas urnas!

Aliás, a equipe de O Repórter recebeu muitas felicitações pela iniciativa do debate com os candidatos a prefeito. As eventuais falhas acontecidas, já foram anotadas e, serão concertadas para o debate do dia 13 de novembro, dois dias antes da eleição a prefeito.

O Jornal O Repórter, tem dado abertura para que candidatos a prefeito e vereador, possam tomar um Café com o Pedro Bala e falar das suas metas. Muitos já vieram no programa e muitos estão agendados. Muitas entrevistas são convertidas em matérias para o jornal impresso. O difícil está sendo conseguir fotos para ilustração das nossas matérias no jornal. Eita povo difícil.

Quem deu uma entrevista no Café com o Bala, por telefone, foi o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Tito Campos de Paula. Deu orientações para candidatos e eleitores sobre a seriedade e responsabilidade na eleição. Aliás, a produção do programa está de parabéns por estar pautando matérias importantes, como foi com o desembargador do TRE Tito Campos.

Lembrando que neste sábado, no ginásio da CEFAZ, em Fazenda Rio Grande, tem o jogo entre Fazenda Futsal x Cantagalo, partida válida pela Série Bronze do Campeonato Paranaense de Futsal. O time fazendense precisa fazer dois gols de diferença para ficar em primeiro na Chave D. A TV O Repórter transmite o jogo pelo face, Youtube e Rádio O Repórter. Por causa do coronavírus, não será permitida a presença de torcedores. Boa semana a todos e todas!

Artigos Relacionados

Verifique também

Close