Lajotas retiradas em obras de asfalto serão utilizadas em outras vias

A Prefeitura de Piên vai reutilizar as lajotas e paralelepípedos instalados nas ruas, que serão pavimentadas com asfalto, para recompor a plataforma em outras vias, onde não há cobertura construída. A ação dará destino correto para as peças retiradas e vai garantir a trafegabilidade e conforto de moradores em vias sem pavimento. A rua Recife, no Centro, deverá ser a primeira a ser beneficiada com este calçamento.

Na manhã desta quinta-feira, 21, o prefeito Maicon Grosskopf juntamente com o secretário de Governo Josnei Grosskopf e o secretário de Administração Claudemir de Andrade estiveram na rua onde fizeram um encontro com alguns moradores para apresentar a ideia. Segundo o prefeito o reaproveitamento das lajotas e paralelepípedos retirados trará menor impacto ambiental. “E, além disso, vai trazer economia para o município, pois vamos usar um material que está sendo retirado e está em boas condições de uso. Vamos proporcionar melhorias para nossos moradores, usando da melhor forma possível, os bens conquistados por nossa sociedade”, afirma Maicon.

A prefeitura possui em depósito o material retirado de algumas ruas que estão em trabalho de pavimentação, e o exemplo deve seguir para as próximas ruas que serão pavimentadas. “Temos vários projetos de pavimentação na cidade e esta pode ser uma solução. Lembrando que este pavimento é mais eficaz em ruas mais curtas e com topografia plana”, disse Josnei.

O modelo de pavimentação foi bem aceito pelos moradores da rua Recife, que inclusive elogiaram a atitude por parte do poder público em utilizar o material para calçar outras vias. Para o morador Joelcio Pires, que há 15 anos mora no local, esta forma de trabalho é uma revolução para Piên. “Nossa rua sempre foi esquecida, agora ficamos muito felizes e agradecemos que a prefeitura possui projeto para nós”, falou. Na via residem cerca de 30 famílias que além de conviver com o trânsito crescente de carros e caminhões ainda sofrem com os buracos, o barro e a poeira. “Eu lembro quantas vezes ia para a rua com pá e enxada para tapar os buracos em frente de casa”, lembrou Pires.

Agora a prefeitura irá contratar o serviço de topografia para fazer um levantamento da via e  posteriormente realizar a preparação para receber as lajotas. A secretaria de Viação e Serviços Rodoviários já esteve no local analisando a base e tão breve saia o levantamento já irá iniciar os trabalhos. “Os moradores podem ficar tranquilos que vamos fazer um trabalho bem feito, abaular a rua e deixar locais para o escoamento das águas das chuvas”, disse o prefeito.

Veja também...