CidadesDestaqueGeralQuitandinhaÚltimas Notícias

Justiça pune servidora que ofendeu prefeita de Quitandinha

Servidora teve de pagar R$ 2 mil em espécie e se retratar em rede social Facebook

Prefeitura de Quitandinha, onde a prefeita Maria Júlia foi ofendida por uma servidora pública da Secretaria de Administração do município

Por Léo Souza

A servidora púbica Silvia Paolini foi condenada a pagar R$ 2 mil como indenização por difamação, após ter compartilhado em um grupo de WhatsApp ofensas à prefeita de Quitandinha, Maria Júlia. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça do Paraná e não cabe mais recurso.

Silvia Paolini teve de divulgar nota de retratação em jornal que circulasse na região. Ela escolheu o jornal Regional. Também terá de postar a retratação na conta da rede social Facebook. Agora, se a nota do Facebook descer, ela terá que publicar novamente. E por determinação da justiça, durante um ano, a nota de retração tem que ficar no topo do perfil.

O valor da indenização de R$ 2 mil foi divido em dois pagamentos de R$ 1 mil cada um. Os primeiros 50% foram do valor total (R$ 1 mil) foi doado para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município; e os outros R$ 1 mil serviu para pagar os honorários do advogado. Silvia Paolini permanece trabalhando na Secretaria de Administração da Prefeitura de Quitandinha.

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content