CidadesDestaqueGeralPolícia

‘Japonês da Federal’ é condenado a perda de cargo

Apesar de estar aposentado desde 2018, agente poderá perder o benefício

Newton Ishii, o japonês da federal terá que devolver R$ 200 mil

Da Assessoria

O ex-agente da Polícia Federal (PF) Newton Ishii, que ficou conhecido como “Japonês da Federal” após ficar famoso pelas aparições ao lado de presos notáveis da Operação Lava Jato, foi condenado por facilitação de contrabando pela fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu.

Segundo a polícia, ele perderá o cargo e ainda terá que pagar uma multa de R$ 200 mil. Embora ele tenha se aposentado em 2018, não é a Justiça que irá decidir a cassação da aposentadoria, que pode vir a ser atingida neste caso. Segundo a decisão do juiz Sérgio Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu (PR), a conduta de Ishii foi de “extrema gravidade, com afronta direta a dignidade da função pública por ele exercida”.

A ação aponta que ele se “escondeu por trás do aparato institucional voltado ao combate do crime na fronteira, para facilitar o contrabando/descaminho, o que impede que o agente, após tal fato, prossiga atuando como agente policial”.

Continuar lendo

Artigos Relacionados