Guarda Municipal tem linhas de atuação que vai além das rondas pelas ruas

A Guarda Municipal de Araucária (GMA) foi homenageada e ganhou o  Dia da Guarda Municipal celebrado dia 11 de novembro, data da criação na cidade, ocorrida em 2002. Quem vê os profissionais no patrulhamento pelas ruas e efetuando prisões, talvez não imagine o rol de serviços prestados pelos profissionais. 

Crédito:  Carlos Poly/SMCS

Ao longo dos anos, a Guarda Municipal de Araucária criou identidade própria e incluiu serviços essenciais ao cidadão de bem. O número  de atendimentos foi aumentando conforme a demanda,  realizando orientação, rondas, patrulhamento preventivo, monitoramento dos prédios públicos, trabalho educativo, abordagem de suspeitos, atendimento de ocorrências e de casos de crimes ambientais. A maior cobertura foi possível com a estruturação dos departamentos, aumento do quadro de servidores, aquisição de novos equipamentos, capacitações constantes, implementação de novos serviços, investimento na sede, o que culminou em uma imagem de referência para a população. Da primeira turma de 80 profissionais contratados, há 58 na ativa. Atualmente a corporação conta com 154 integrantes e a partir de janeiro de 2022 poderá ter até 280 colaboradores, conforme regulamenta a Lei nº 3779/2021.

Em média são recebidas 3 mil chamadas telefônicas por mês na Central de Controle de Operações da GMA (CCO), que atende a população 24 horas por dia, todos os dias na semana. A central concentra também o monitoramento de câmeras e alarmes dos prédios públicos da cidade. Apenas para se ter uma ideia do aumento dos atendimentos ao longo dos tempos, de acordo com dados da GMA, em 2010 foram registrados 513 atendimentos de ocorrências e em 2020 o número subiu para 7995. Em 2017 o número de ligações feitas para o número de emergência 153 beirava 5 mil e em 2020 chegou a quase 40 mil chamados, com verificação de casos de furtos, atendimentos a denúncias de perturbação da tranquilidade dentre outros. 

“As conquistas não são mérito de uma pessoa só! Crescemos como um corpo, que muda a cada ano, a cada estação. É bom participar dessas conquistas e fazer parte delas”, comemora a guarda municipal e Diretora Geral da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Jaqueline Dias – a primeira mulher a estar no comando da instituição. Além do trabalho administrativo necessário para coordenação de todo efetivo, as principais linhas de atuação da GMA incluem grupos operacionais e especializados, tendo inclusive uma equipe que atua com moto e é responsável pelo patrulhamento em parques/praças, além de escolta em eventos.

No dia a dia o efetivo utiliza recursos facilmente identificáveis como armamento, viaturas e uniformes, reforçando o potencial ostensivo para coibir atividades ilícitas, fazer com que as pessoas respeitem a legislação e aumentar a sensação de segurança junto à sociedade em parceria com a Polícia Militar. A Guarda Municipal tem poder de polícia administrativa e alguns profissionais foram qualificados a  portar armas com calibres variados, como Carabina CTT .40, Espingarda Calibre 12, além das Pistolas 380 e revólver .38. Porém é importante destacar o papel estratégico preventivo e comunitário da instituição, podendo atuar na mediação de conflitos e na promoção dos direitos da cidadania em nível local.

Proteção à mulher
Para a SMSP, um exemplo claro de mudança positiva no trabalho da GMA foi a criação da Patrulha Maria da Penha, que hoje é referência no cuidado a mulheres em situações de risco. A equipe faz acompanhamento das Medidas Protetivas determinadas pela Justiça, realizando visitas às assistidas pelo projeto, tendo implantado o Botão do Pânico através de cadastro das vítimas e com realização de palestras aos agressores em parceria com a Secretaria de Assistência Social e do Judiciário.

Defesa Civil
Outro trabalho importante realizado pela GMA está vinculado ao Departamento de Defesa Civil. A Defesa Civil de Araucária realiza ações preventivas e de resposta a desastres com objetivo de minimizar ou evitar os seus efeitos. Dentre os atendimentos de resposta são atendidas solicitações em situações de granizo, vendaval, alagamento, enchente, enxurrada… “Só quem já acionou, tem noção da dimensão do valor desse trabalho. Nas horas de chuva intensa, quando o muro cai, a casa fica destelhada, é que o cidadão percebe a nobreza desse apoio”, avalia o coordenador do serviço, GM Dirley Tokarski.
 
Guarda Mirim
A Guarda Mirim oferta gratuitamente atividades no contraturno escolar aos participantes com idade entre 12 e 17 anos e reforça noções cívicas e de formação cidadã. “Reforçamos noções importantes para vivência em sociedade, discutimos cidadania, incentivamos o respeito às leis para esses que serão os cidadãos do futuro. Esperamos com isso, contribuir para construção de uma sociedade mais justa e solidária”, finaliza o Coordenador do departamento responsável pela GM Mirim, guarda municipal Leoni.

Veja também...