BrasilDestaqueNotíciasParaná

Greve geral: atos em 26 estados; veja como foi a manhã no Brasil

 

Centrais sindicais e movimentos de esquerda confirmam que a greve geral em protesto contra as reformas trabalhista e da previdência abrangeram os 26 estados do Brasil, mais o Distrito Federal. Pernambuco registrou uma morte ligada aos protestos. Um motorista que não queria ficar no bloqueio montando por manifestantes na entrada do Porto de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, atropelou e matou uma pessoa.

Em Natal, um advogado foi alvejado por outro homem, contrário aos protestos. Em Salvador, duas pessoas ficaram feridas por tiros de bala de borracha durante ato na Estrada do Coco. No Rio de Janeiro e em São Paulo, bombas de gás lacrimogênio foram usadas para dispensar grevistas. Seis pessoas foram presas durante manifestação na Radial Leste e encaminhados à 65° DP, em Artur Alvim. Outras dez em outros pontos da cidade. Sindicatos acusam a polícia de querer criminalizar o movimento, já que o motivo das prisões não foi informado. Confira um resumo da situação no Paraná.

PARANÁ

Manifestantes bloquearam rodovias federais no estado. Segundo a Polícia Federal (PRF), na BR 277, em São José dos Pinhais, um grupo de pessoas fez um bloqueio, no km 69, nas imediações da fábrica da Renault, prejudicando o tráfego de veículos.

Em Araucária, conforme a Agência Brasil, a BR 476 foi bloqueada por volta das 8h30 na altura do km 150, em frente à refinaria da Petrobras, causando um engarrafamento de dois quilômetros. Em Mauá da Serra, na BR-376, o bloqueio ocorre no km 295, em frente ao Posto Bambu.

Outra interdição ocorre no km 406 da BR-158, em Laranjeiras do Sul. Segundo a PRF, cerca de 200 manifestantes sem terra estão no local.

Fonte: Notícias ao Minuto

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content