Governo anuncia colégios cívico-militares para Fazenda, Mandirituba, Quitandinha, Rio Negro e Lapa na região da AMSULEP

Municípios da região serão contemplados com o ensino (Imagem AEN)

Na semana passada, este Semanário trouxe matéria, informando que Fazenda Rio Grande não seria contemplada com nenhuma unidade de ensino cívico militar. Entretanto, o governador Carlos Massa Ratinho Junior confirmou na segunda-feira (26) que Curitiba e mais 16 cidades da Região Metropolitana, incluindo Fazenda Rio Grande, terão colégios em 2021. Serão 22 escolas na Capital. Colombo (5), São José dos Pinhais (4), Piraquara e Araucária (3), Fazenda Rio Grande (2). O programa também contempla na região Lapa, Mandirituba, Quitandinha e Rio Negro.

O programa que será implementado em 215 colégios estaduais de 117 municípios é o maior do País nessa modalidade. “A rede estadual do ensino evoluiu todas as suas notas no IDEB de 2019, o que mostra que estamos no caminho certo. Para conquistar novos lugares estamos apostando, também, em novas metodologias, alternativas e em programas como o dos colégios cívico-militares, que oferecem mais condições de segurança e estabilidade de ensino em locais que sofrem com problemas históricos”, afirmou o governador Ratinho Junior. O programa é voltado nesse primeiro momento para municípios com mais de dez mil habitantes. Os critérios estabelecidos pela lei foram existência de ao menos duas escolas estaduais na área urbana, alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar e que não ofertem ensino noturno. “É o maior projeto do País nessa área. Contamos com apoio da sociedade civil organizada, dos deputados, das lideranças do Estado. O Paraná avança a passos largos para ter a melhor educação do País”, completou Ratinho Junior.

Veja também...