CidadesDestaqueGeral

Gás natural mais barato eleva consumo de GNV no Paraná

Procura por gás natural aumentou nas últimas semanas

Da Assessoria

Com a redução da tarifa do gás natural canalizado no Paraná, a Compagas (Companhia Paranaense de Gás) registrou, em setembro, um aumento de 6% no consumo do Gás Natural Veicular (GNV) no Estado. A alta é comparada ao mês de agosto e justificada pela gradual retomada econômica e também pela queda do valor do combustível para o consumidor final, em especial, nos postos de Curitiba e Região Metropolitana.

Para incentivar este mercado, a Compagas reduziu em 13,29% as tarifas de gás e tem sugerido que seja praticado um preço de R$ 2,899 por metro cúbico. “Os motoristas que abastecem com GNV, como frotistas, taxistas e aplicativos, foram beneficiados com uma maior redução no preço do gás natural, o que tornou o combustível ainda mais atrativo para aqueles que utilizam os veículos para atividades no dia a dia”, afirma o gerente comercial da Compagas, Mauro Melara.

Vantagens – Dentre as principais vantagens atribuídas ao GNV está a economia. Com um metro cúbico de GNV é possível rodar mais quilômetros do que com um litro de etanol ou gasolina – a rentabilidade pode chegar a 50%. Um carro médio roda na cidade cerca de 14 quilômetros com um metro cúbico de gás natural, enquanto que com 1 litro de álcool o veículo percorre em média 7 km.

Ainda pensando na economia, os usuários de GNV já contam com um desconto de 70% no valor do IPVA. Para carros não convertidos para o GNV o IPVA é de 3,5% do valor do carro; para carros convertidos, a alíquota é de 1%. O GNV tem ainda outras vantagens, como a maior segurança, pois não é possível adulterar o gás natural, além de ser menos poluente, por apresentar queima mais limpa.

Artigos Relacionados