DestaqueEsportesSérie A

Furacão perde em casa para o lanterna da Série A

Athetico encara o Inter (RS) na grande final da Copa do Brasil. Por isso, Tiago Nunes mandou o time alternativo contra o Avaí. Os relacionados para a partida do Beira-Rio encerraram os preparativos na manhã de hoje

Volante Matheus Rosseto tenta finalizar, mas é travado pela zaga do Avaí. Furacão caiu diante do “lanterninha”

POR LÉO SOUZA

Com o time principal focado na decisão da Copa do Brasil contra Internacional (RS), em Porto Alegre, na próxima quarta-feira (18), o técnico Tiago Nunes escalou o alternativo do Furacão contra o Avaí (SC). O Rubro-negro paranaense perdeu para o lanterna do Campeonato Brasileiro da Série A, por 1 a 0, na manhã deste domingo (15), na Arena da Baixada, pela 19ª rodada da Série A do Brasileiro.

A equipe athleticana precisa vencer para se manter na faixa intermediária e próximo do Grupo da Libertadores. O time procurou o gol, mas foi surpreendido pelo Avaí. O zagueiro Pedro Henrique saiu de campo para ser antedido pelos médicos do Athletico. Nesse ínterim, o atacante Jonathan, do Avaí, arriscou um chute de fora da área e foi feliz no lance. A bola indefensável entrou no ângulo do goleiro Léo, aos 13 minutos de jogo.

No final do segundo tempo, o time Rubro-negro teve um pênalti a seu favor, mas depois de consultar o VAR, o árbitro mineiro Felipe Fernandes de Lima desmarcou a penalidade máxima a favor do Furacão. Com a derrota, o Athletico caiu para a 11ª colocação, com 26 pontos, na zona de classificação para a Copa Sul-Americana 2020.

Na 20ª rodada, o Athletico vai encarar o Vasco da Gama (RJ), do técnico Vanderlei Luxemburgo, domingo (22), às 16 horas, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 0 X 1 AVAÍ-SC

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A – 19ª rodada
Local: Estádio Joaquim Américo (Arena da Baixada) – Curitiba-PR
Data: 15/09/2019 – domingo
Horário: 11 horas

Gol da partida: (Avaí 1 a 0, Jonathan, aos 13’ do 1º tempo)
Renda: R$ 219.680,00
Público presente: 13.784 espectadores

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima-MG. Assistentes: Guilherme Dias Camilo-MG e Ricardo Junio-MG
Cartões amarelos: Matheus Rossetto (Athletico); e Jonny Mosquera (Avaí)

Athletico: Léo; Erick, Madson, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Matheus Rossetto, Marcelo Cirino, Lucho González (Tomás Andrade), Everton Felipe (Vitinho) e Braian Romero (Pedrinho); Thonny Anderson
Técnico: Tiago Nunes

Avaí: Vladimir; Iury (Léo), Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Pedro Castro, Richard Franco e Matheus Barbosa; Caio Paulista, Lourenço (Jonny Mosquera) e Jonathan (Julinho)
Técnico: Alberto Valentin

TIAGO NUNES ALEGA CANSAÇO FÍSICO E SUA PERMANÊNCIA É DÚVIDA

Após deixar rejeitar a proposta do Atlético Mineiro no início do ano, o gaúcho Tiago Nunes já sente as inúmeras atribuições do Athletico Paranaense. Durante a entrevista coletiva, após a derrota para o Avaí (SC), por 1 a 0, na Arena da Baixada, o treinador Rubro-negro deixar nas entrelinhas que seu futuro é incerto à frente do time profissional do Athletico, após a final da Copa do Brasil. “Estou bastante cansado. O papel do treinador do Athletico não se resume a treinar o time. Tenho papel integrado com todas as categorias. Tenho um cara que segura toda a onda, que é o Paulo Miranda. Mas estou em um limite físico que preciso cuidar da saúde”, avisou.

Tiago Nunes teve o salário reajustado, depois da oferta do Galo Mineiro, no entanto deram-lhe mais algumas atribuições. Mesmo com o bom relacionamento com o torcedor, o técnico gerencia as crises internas nos setores relacionado ao futebol, desde as divisões de base até o profissional. A saída de jogadores e outros por problemas com dopping proporcionado por falha do departamento médico do clube vêm sobrecarregando o profissional que já sente o peso da responsabilidade. “Percebo o carinho quando a turma do amendoim atrás de mim fazem uma faixa. Esse sentimento que tenho é construído pelos resultados, mas muito por encontrar um treinador e um clube buscando oportunidades de mostrar o valor”, destacou.

Após a decisão da Copa do Brasil, a diretoria deve se reunir com o treinador e encontrar uma solução para o impasse. O foco é a grande final contra o Internacional, quarta-feira (18), às 21h30, no Beira-Rio. O Furacão joga pelo empate para conquistar o título.

RESULTADOS – 19º RODADA

FLAMENGO-RJ 1 X 0 SANTOS-SP
CHAPECOENSE-SC 1 X 2 VASCO DA GAMA-RJ
PALMEIRAS-SP 1 X 0 CRUZEIRO-MG
CEARÁ-CE 0 X 0 BOTAFOGO-RJ
ATLÉTICO-MG 1 X 3 INTERNACIONAL-RS
FLUMINENSE-RJ 1 X 0 CORINTHIANS-SP
GRÊMIO-RS 3 X 0 GOIÁS-GO
BAHIA-BA 1 X 1 FORTALEZA-CE
SÃO PAULO-SP 1 X 1 CSA-AL

CLASSIFICAÇÃO

FLAMENGO 42
PALMEIRAS 39
SANTOS 37
INTERNACIONAL 33

CORINTHIANS 32
SÃO PAULO 32

BAHIA 31
GRÊMIO 28
ATLÉTICO-MG 27
10º BOTAFOGO 27
11º ATHLETICO-PR 26
12º VASCO DA GAMA 23

13º CEARÁ 22
14º FORTALEZA 22
15º GOIÁS 21
16º FLUMINENSE 18

17º CRUZEIRO 18
18º CSA 16
19º CHAPECOENSE 14
20º AVAÍ 13

Imagem: Site Oficial do Clube Athletico Paranaense

Leia também!

Jaunafe retorna com vitória na Série B 2019

Paraná segue sem vitória na Vila Capanema

Coxa sofre gol no final e perde de virada no Café

 

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content