Final de ano redobra trabalho da GM de Fazenda R. Grande

Elemento foi preso na UPA quando esperava atendimento

Da Assessoria

Com o final de ano chegando, diversas ações são planejadas pela Guarda Municipal de Fazenda Rio Grande a fim de garantir a segurança da população. O efetivo atual de 68 guardas se divide em equipes para se fazer presente em eventos, vésperas de pagamento, fiscalização de situações devido à Covid e rondas de rotina. Entre as ações programadas, estão o dia das eleições, que contará com Guardas Municipais em todas as 16 escolas do município, garantindo uma votação segura e sem fraudes. O comandante Andrade destaca que também haverá efetivo no Teatro Municipal, onde costumam ficar detidas as pessoas que cometem crimes eleitorais.

Entre os dias 1º e 10, também há equipes que fazem rondas em locais próximos a bancos e lotéricas, considerando o período de pagamento e a alta circulação de dinheiro nessas áreas. No mês de outubro, a operação pagamento resultou na prisão de um homem que tentava aplicar o famoso “golpe do paco” em uma pessoa. A circulação de dinheiro é ainda maior no final do ano, devido ao pagamento do 13º salário. Próximo ao dia 20, equipes da GM também estarão de prontidão nas ruas do centro da cidade, a fim de inibir a criminalidade.

Patrulhamentos também devem ser feitos com maior frequência e em horário estendido nos comércios devido à proximidade do natal, onde as lojas costumam trabalhar até tarde para que as pessoas possam fazer suas compras. “Com a vinda da pandemia, também passamos a prestar apoio nas fiscalizações da Vigilância Sanitária, Saúde, Sanepar e eventos da educação também, como é o caso do Encurtando a Saudade”, conta o comandante. Tudo isso sem contar as rondas de rotina e atendimento às denúncias de tráfico, violência, assalto etc.

Na quarta-feira (4), uma equipe se deslocou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Fazenda Rio Grande para averiguar uma situação estranha detectada pelos servidores de saúde. Um sujeito que fazia atendimento por estar passando mal, carregava 250g de maconha e 51g de cocaína. Após ser abordado pela GM, ele confessou que estava indo entregar a droga quando passou mal e acabou indo à UPA. Depois disso, ele foi encaminhado à Delegacia Cidadã do município. As apreensões de drogas e situações de violência são constantes. Com a aquisição recente de pistolas TS 9 milímetros e carabinas CT40 e o treinamento que vão passar os GMs, o comandante acredita que o trabalho tende a ser ainda melhor. “Esses equipamentos vão tornar mais rápida nossa resposta às ações dos marginais. Poderemos atuar ainda mais em prol da segurança da população”, garante.

Veja também...