CidadesDestaqueFazenda Rio Grande

Com votação expressiva, Márcio se credencia para 2018

14813639_1480437058638618_440345435_n

Com o fim das eleições para prefeito e a vereador, é hora de pensar na próxima, ou seja, a de 2018, quando acontecerão as eleições para presidente, senadores e deputados. Enquanto a maioria das lideranças políticas, principalmente os deputados federais e estaduais se movimentam de olho nas próximas disputas, o mercado político projeta um voo mais alto para o prefeito eleito Márcio Wozniack. De vereador mais votado em 2012, o jovem tucano acabou sendo elevado a prefeito interino, cargo que ocupa até dia 31 de dezembro próximo. Depois desta data, começa a governar com o mandato que veio das urnas. Na eleição de 2 de outubro último, disputou o pleito como candidato a prefeito, obtendo expressiva vitória, ficando com aproximadamente sete mil votos a frente do principal concorrente. Com esta vitória, o PSDB fez história, mantendo-se no poder por três mandatos consecutivos. Márcio, que está no comando do município desde o inicio de 2013, desponta como nova liderança política de Fazenda Rio Grande e, deve ser indicado pela cúpula tucana a disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná.

Ao falar da possibilidade, Márcio diz que sua principal meta é administrar o município de Fazenda Rio Grande, que nos últimos 8 anos cresceu de maneira organizada. A postura política de Wozniack faz com que o mercado olhe para ele de forma especial. Com mais de 21 mil votos, o prefeito foi eleito pelo PSDB, o que lhe dá peso político dentro do partido a nível estadual. Ganha uma importância decisória que não tinha antes, já que tem um mandato e a movimentação forte em um dos maiores colégios eleitorais da região. Apesar de faltarem dois anos, Márcio tem grandes chances de eleição, principalmente pelo desgaste de deputados que representam a região. Uma informação dá conta de que o filho do atual governador Beto Richa, Marcelo Richa, deve disputar umas das cadeiras do legislativo paranaense e, assim como aconteceu com Ratinho Junior em 2012, fazer uma votação histórica no Estado. Isso levaria, no voto de legenda, de três a quatro deputados e Márcio Wozniack, caso aceite o desafio, poderia ser um dos eleitos. Mas procurado para falar do assunto, Márcio desconversa. “Neste momento a prioridade é Fazenda Rio Grande e trabalhar pelo povo desta cidade”, finaliza.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content