Câmara de Mandirituba anuncia devolução de R$ 800 mil para combater o coronavírus

Fernando Teixeira, presidente do Legislativo de Mandirituba

Da Redação

Tramita na Câmara de Vereadores de Mandirituba, projeto do vereador Fernando Teixeira, que objetiva a devolução de sobras financeiras do exercício de 2020, na ordem de R$ 800 mil, de valores do orçamento. Em reunião ordinária desta semana, o projeto foi lido e tramita nas comissões da Casa. Segundo justificativa de Fernando, o valor deve ser investido no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus – COVID-19, que vem aumentando no município.

Ao falar do projeto, Fernando Teixeira sugere que o Executivo use o valor para a aquisição de vacinas contra o coronavírus. “Fizemos um levantamento e, pelo valor da vacina que vem sendo anunciado, daria para adquirir 50 mil doses, ou seja, dá para imunizar a população duas vezes”, disse o autor do projeto. “Esse dinheiro não é para manutenção da prefeitura e, sim para o enfrentamento ao combate do coronavírus. Certamente que o valor é suficiente para a compra de 50 mil doses de vacinas e ainda sobra dinheiro para compra de equipamentos e insumos hospitalares, como respiradores e outros acessórios”, esclarece o presidente.

Na visão de Fernando, os casos de coronavírus crescem todos os dias em Mandirituba e as equipes de saúde estão se esforçando em todos os sentidos para evitar a proliferação. O presidente também enalteceu a contribuição do Legislativo em meio aos esforços empreendidos pelo município: “A nossa parte a gente está fazendo. Em nosso mandato de presidente e, com apoio dos vereadores, procuramos contribuir com a prefeitura, promovendo a devolução de sobras financeiras para que o prefeito Luis Antonio possa desenvolver ações em benefício da população”, considera o presidente.

Veja também...