Ex-prefeito Bozinha, de Campo Magro, pode ter candidatura negada!

 Ex-prefeito Bozinha, de Campo Magro, pode ter candidatura negada!
Compartilhe

Da redação

Com a chegada das eleições 2024, nomes para concorrer aos cargos de prefeito, vice e vereadores em todas as cidades do Brasil começam a aparecer. Na cidade de Campo Magro, ao que tudo indica, o ex-prefeito Rilton Boza (Bozinha) não poderá disputar as eleições neste ano. Isso porque ele estaria inelegível ao ter as contas de seu mandato anterior reprovadas pela Câmara Legislativa, o que foi confirmado posteriormente pela própria justiça.

A inelegibilidade é de oito anos e as contas reprovadas são dos anos de 2005, 2007 e 2008. O ex-prefeito recorreu da decisão, mas o Superior Tribunal de Justiça do Paraná (STJ) manteve a decisão dada pelo Tribunal de Contas (TJPR), que atestou a reprovação dada pela Câmara.

Saúde de Campo Magro pede socorro

Vereadores de Campo Magro abrem CPI para investigar o prefeito

Em 2016, Bozinha havia tentado uma candidatura, que em primeiro grau não havia sido permitida. Ao recorrer, porém, ele teria conseguido uma liminar suspendendo as reprovações, aprovando sua candidatura em segundo grau. Em 2020, a mesma liminar ainda valia, mas para 2024 ela já não funcionaria.

De acordo com um advogado que atuou na impugnação de Bozinha em 2016, como sua situação é a mesma de 2016, é muito provável que sua candidatura seja indeferida este ano.

Em suas redes sociais, o ex-prefeito dá a entender que pretende dar seu nome na próxima disputa, divulgando visitas, vídeos em homenagem aos trabalhadores e até participando de eventos e seminários de preparação de pré-candidatos. Em uma entrevista recente para o programa CAFÉ & PROSA, ele inclusive se apresentou como pré-candidato da cidade.

Nossa equipe de reportagem procurou o ex-prefeito para esclarecimentos, mas não teve resposta até o momento.

oreporter

Related post

Enviar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *