Conheça o pré-candidato a prefeito de Campo Magro Nelson Zonato

 Conheça o pré-candidato a prefeito de Campo Magro Nelson Zonato
Compartilhe

Da redação

Pré-candidato pelo PL no município de Campo Magro, Dr. Nelson Zonato concedeu uma entrevista ao Programa Café com o Bala na última quinta-feira (25). Ele que não é político de carreira, mas atua como advogado e empresário na cidade, e também já foi secretário de Administração na Prefeitura, vê a missão de cuidar de Campo Magro como uma forma de retribuir à população que o acolheu 40 anos atrás.

Zonato é natural de Santa Felicidade, Curitiba, mas mora em Campo Magro há bastante tempo e tem visto a cidade regredir nos últimos anos. Comparando-a com municípios emancipados em anos próximos, Zonato diz que a cidade já poderia ter evoluído muito, o que não aconteceu, segundo ele, por falta de vontade daqueles que a administraram.

“Nosso povo é um povo humilde, um povo trabalhador, que não tem o respeito das autoridades. Então para a dignidade do povo, eu tomei essa decisão de sair pré-candidato e vou até o final”, declara.

Segundo Zonato, diferente de outros municípios da região, Campo Magro ainda depende de favores, emendas e legislações para pagar até mesmo a folha de pagamento da Prefeitura, o que não é nada favorável e só demonstra a falta de projetos que promovam o desenvolvimento econômico da cidade.

Agudos do Sul recebe visita de Mauro Moraes

Procon-SJP firma acordo com loja de pneus e garante reembolso a consumidores insatisfeitos

Geração de empregos

Um dos primeiros focos de sua gestão seria, então, a atração de empresas, já que a cidade ainda é considerada cidade-dormitório pelo baixo índice de empregabilidade: 3 mil, para uma população de 30 mil habitantes. “Tem condições, sim. O que não tem é boa vontade política”, pontua. Segundo ele, as empresas não chegam por falta de apoio do município. Realidade que ele pretende mudar, se eleito.

Agricultura

Na agricultura, importante fonte de renda no município, ele diz que pretende investir bastante. Tanto na manutenção das estradas, quanto na criação de uma cooperativa. “Não adianta eu colocar meia dúzia de asfalto [no centro] e deixar o pessoal do interior sem estrada”, afirma o pré-candidato. A cooperativa ainda, segundo ele, poderia definir como utilizar melhor as produções, para não desperdiçar e gerar maior renda para os agricultores.

Turismo

Zonato acredita que Campo Magro poderia gerar muitos empregos e economia através do turismo, que foi deixado de lado nas últimas gestões. Ele afirma que há restaurantes rurais muito bons na cidade, mas que estes precisam de infraestrutura para atrair clientes. “Pelo menos em frente [a esses restaurantes] fazer um quilômetro de asfalto, para que o pessoal almoce com tranquilidade e não com poeira”, diz.

Luizão defende passagem de ônibus mais barata em Curitiba

Karina Ribas quer resgatar o diálogo e o respeito em Quitandinha

Regularizações fundiárias

Muitas pessoas ainda aguardam o documento regulamentando sua moradia em Campo Magro. Segundo Zonato, a lei já existe, mas não foi colocada em prática. E isso é uma urgência por lá, já que além de dar dignidade aos moradores, eles também irão dar sua contrapartida ao município, pagando os devidos tributos. “O povo não quer nada de graça, o povo quer pagar seu IPTU e ajudar o município a crescer”, comenta.

Saúde

Se eleito, Zonato diz que não aceitará que, em seu mandato, a população tenha que aguardar dois anos para a realização de um exame. Para resolver o problema, ele diz que é preciso investir primeiro em profissionais qualificados, mas também valorizar aqueles que atuam na Saúde Pública, que quando bem tratados, naturalmente prestarão um bom serviço à população.

Educação

Na pasta da educação, o pré-candidato defende o ensino em tempo integral, para que os pais se sintam mais seguros ao deixarem os filhos na escola e saírem para trabalhar. Além disso, ele quer fomentar o esporte na cidade, para garantir uma atividade extra aos jovens.

Em sua fala, ele ainda destaca que não pretende ir à reeleição, pois acredita que é preciso haver um rodízio. Quanto aos secretários que pretende contratar, se eleito, ele diz que serão pessoas de dentro do município, comprometidas e que atendam à população a qualquer momento.

oreporter

Related post

Enviar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Isso vai fechar em 5 segundos