Prefeitura de Fazenda Rio Grande iniciou 2024 com ações intensivas de combate à Dengue

 Prefeitura de Fazenda Rio Grande iniciou 2024 com ações intensivas de combate à Dengue

A herd of cows producing milk for Gruyere cheese in France in the spring

Spread the love

Foto da Assessoria de imprensa da prefeitura de FRG

As ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue e outras doenças, foram iniciadas de forma intensiva neste mês de janeiro por meio da Secretaria de Saúde – Departamento de Vigilância.   

Segundo o secretário de Saúde Beto Rocha, o trabalho vem sem realizado com especial atenção aos pontos estratégicos e regiões de maior risco à criação do mosquito, com a aplicação de larvicida, objetivando eliminar as larvas do mosquito antes que se desenvolvam e se tornem vetores da doença.

Em seguida, a equipe procederá à visita casa a casa nos imóveis próximos a matas e córregos, levando informações pertinentes ao combate à Dengue aos moradores.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde Nelcelí Garcia, a conscientização da população é uma peça chave no controle da proliferação do Aedes, e a participação ativa da comunidade é essencial nesse processo.

A diretora ressalta a importância dos cuidados para evitar a proliferação de criadouros e orienta como os munícipes devem proceder caso encontrem focos de mosquito:

– Em caso de recipiente fechado, conferir o fechamento da tampa e acionar a Vigilância em Saúde pelo telefone 3608-7655 ou fora do horário de expediente, no plantão: 99146-5476 ligação ou whatsapp.

– Em caso de recipiente aberto, coletar uma amostra das larvas com uma peneira para que a água escorra. Em seguida, depositar as larvas coletadas em um pote com álcool a 70% de forma a cobrir as larvas depositadas. Então, elimine a água do recipiente onde as larvas foram encontradas e o higienize, esfregando muito bem as laterais internas (local onde o mosquito fixa seus ovos). Após este procedimento, acionar a Vigilância em Saúde pelo telefone 3608-7655 ou fora do horário de expediente, no plantão: 99146-5476 ligação ou whatsapp.

Lembrando que deve ser realizado o correto armazenamento do objeto onde foram encontradas as larvas, para que não volte a se tornar um criadouro de Aedes aegypti.

Em casos de encontrar os criadouros de Aedes aegypti fora de seus imóveis, em imóveis vizinhos ou terrenos baldios, realizar o registro da denúncia on-line pelo site oficial da prefeitura, no link: https://eouve.com.br/#/  opção “Saúde”, para que a equipe técnica sejam direcionada para avaliação e tomada de medidas cabíveis para sanar o problema.

Faça sua parte

  • Cubra piscinas;
  • Limpe as calhas;
  • Descarte pneus usados;
  • Coloque areia nos pratos de plantas;
  • Recolha e acondicione de forma correta o lixo do quintal;
  • Retire do quintal objetos que acumulam água;
  • Deixe a caixa d’água bem fechada e realize a limpeza regularmente;
  • Elimine pratos do vaso de planta ou use um pratinho que seja ajustado ao vaso;
  • Cuide do lixo, mantendo materiais para reciclagem em saco fechado e em local coberto.

oreporter

Related post