Central de Relacionamento da Sanepar de São José dos Pinhais estará aberta no sábado (13)

 Central de Relacionamento da Sanepar de São José dos Pinhais estará aberta no sábado (13)
Compartilhe

Sanepar agilia atendoimento em São José dos Pinhais – Divulgação

Com o objetivo de melhorar e agilizar o atendimento dos cidadãos de forma presencial, a Sanepar informa que, no sábado (13), estará com a Central de Relacionamento aberta ao público. Das 8h às 12h, os moradores de São José dos Pinhais poderão solicitar diversos serviços, além de negociar o parcelamento de débitos.

Localizada na Rua Veríssimo Marques, nº 1.100 – Centro, a Central de Relacionamento da Sanepar atenderá também os interessados em aderir ao Programa Água Solidária, que visa fornecer uma tarifa 77% mais barata que a convencional para as famílias de baixa renda que vivem no município. Confira os requisitos:

  • Ter uma renda de até meio salário mínimo por pessoa residente no imóvel;
  • Possuir um imóvel com até 70 metros quadrados;
  • Ter um consumo de até 2,5 mil litros de água por mês/pessoa.

Os interessados devem ir até a Central de Relacionamento portando os seguintes documentos:

  • RG, CPF ou certidão de nascimento (para menores de 18 anos);
  • Fatura de serviços de água e esgoto da Sanepar;
  • IPTU atual do imóvel, documento de autorização da prefeitura ou de autoridade superior que permita identificar sua metragem;
  • Carteira de trabalho com o último contracheque ou extrato do INSS com o último salário, se aposentado.

Caso não possua comprovante de renda, o cliente deve apresentar um documento comprobatório de serviços autônomos expedido por associação de moradores ou clubes de serviços, constando a renda recebida. Além disso, deve conter, em anexo, uma cópia da Ata da nomeação do presidente da entidade. Se o usuário estiver cadastrado em algum benefício do Governo Federal, Estadual ou Municipal, deverá apresentar o último extrato contendo o valor recebido.

Após a solicitação, uma equipe da Sanepar irá até o local verificar a condição do imóvel e comprovar se o munícipe está apto aos requisitos do benefício. O cadastro é válido por 2 anos (após esse período, é necessário renová-lo).

oreporter

Related post