Moradores do Capela Velha vão ganhar mais uma Unidade de Saúde

 Moradores do Capela Velha vão ganhar mais uma Unidade de Saúde
Compartilhe

Projeto da Unidade de Saúde – Imagem da SMPL

Em uma iniciativa que promete melhorar significativamente o acesso à saúde para os moradores do Capela Velha, em Araucária, a Prefeitura anuncia a construção de uma nova Unidade de Saúde na região. O Diário Oficial desta quarta-feira (20) trouxe o Aviso de Licitação para a escolha da empresa que será responsável pela execução da obra. A abertura dos envelopes com as propostas será no dia 06 de fevereiro de 2024.

Com uma área total de 2 mil metros quadrados distribuídos em dois pavimentos, a futura Unidade de Saúde será construída na Rua Tucano, em frente a Escola Municipal Delani Aparecida Alves, onde atualmente tem uma quadra de areia. O número de habitantes que serão vinculados e atendidos nesta unidade de saúde será de 16 mil pessoas, sendo que grande parte desta população encontra-se em situação e território vulnerável.

A Secretaria Municipal de Saúde revela que o bairro Capela Velha conta hoje com mais de 52 mil pessoas, destas 23 mil estão em situação de vulnerabilidade social. A partir desse cenário, ainda está previsto a construção de uma outra unidade na região do Plínio. A obra representa um investimento estratégico para atender às necessidades crescentes da comunidade. A decisão de construir a nova Unidade de Saúde na região surge da necessidade de desafogar a demanda na Unidade de Saúde Industrial, que vem registrando um aumento constante no número de atendimentos. A construção dessa unidade foi discutida e aprovada no Conselho Municipal de Saúde e consta como meta no Plano Municipal de Saúde e na Programação Anual de Saúde de 2024.

O projeto, elaborado pela Secretaria Municipal de Planejamento (SMPL), destaca-se pela sua abordagem inovadora, sustentável e pela atenção às necessidades específicas da comunidade local. Com instalações modernas e funcionais, a Unidade de Saúde que receberá o nome de Maria Liberaci de Oliveira Chefer, busca oferecer um ambiente acolhedor e propício ao bem-estar dos pacientes.

De acordo com o projeto, além dos serviços médicos e odontológicos convencionais, o local contará com salas amplas dedicadas a programas de prevenção e promoção da saúde e espaços de convivência com ventilação e iluminação natural. Assim como nos projetos das outras novas Unidades do município, nesta também serão instaladas placas fotovoltaicas para captação de energia solar, sistema de reuso de água e projetos especiais de climatização. Anexo a Unidade será mantido o bosque, porém o mesmo passará por uma revitalização. A expectativa é de que, após o início das obras, a construção da Unidade de Saúde seja concluída no prazo de 12 meses.

oreporter

Related post


Isso vai fechar em 5 segundos