Saúde divulga último boletim da dengue do ano com 907 novos casos

 Saúde divulga último boletim da dengue do ano com 907 novos casos
Compartilhe

Mosquito transmissor da dengue – Imagem – Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta terça-feira (19) o último boletim epidemiológico da dengue de 2023. De acordo com o Informe de Arboviroses nº 17, o Paraná registrou 907 novos casos da doença e mais 3.827 notificações em relação ao documento da semana passada. Não há nenhum novo óbito.

Desde o início do atual período sazonal da doença, em 30 de julho de 2023, o Estado registra uma morte, 5.955 casos confirmados, 6.819 em investigação e 37.367 notificações. Dos 361 municípios com notificações, 232 tiveram casos confirmados e 195 registraram autoctonia, quando a dengue é contraída na cidade de residência.

O mosquito Aedes aegypti também é responsável, além da dengue, pela transmissão da zika e chikungunya. Durante este período não houve diagnósticos de casos de zika, com 42 notificações. Foram confirmados 31 de febre chikungunya.

INFORME ENTOMOLÓGICO – A Sesa também divulgou o 6º Informe Entomológico com os dados de infestação predial. No período entre 8 de outubro e 8 de dezembro deste ano, 376 municípios realizaram levantamento entomológico para Aedes aegypti, sendo que 51 estão em situação de risco e 200 em alerta, considerando o índice de infestação predial.

O documento informa ainda que mais de 76% dos criadouros são passíveis de eliminação, como vasos de plantas, pneus e lixo, o que evidencia a necessidade de sensibilização da sociedade para o cuidado com seu domicílio e a intensificação dos serviços de limpeza urbana e destinação adequada de resíduos.

O Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD) define depósito como todo recipiente utilizado para finalidade específica que armazene ou possa vir a armazenar água e que esteja acessível à fêmea do mosquito, ou seja, é o local onde pode depositar seus ovos.

O Informativo da dengue voltará a ser divulgado pela Vigilância Ambiental da Sesa na segunda semana de janeiro de 2024. Confira os dados do boletim semanal AQUI. Outras informações sobre a dengue estão neste link.

oreporter

Related post