Contenda poderá ter mais um colégio no modelo cívico-militar

 Contenda poderá ter mais um colégio no modelo cívico-militar
Compartilhe

Colégio Estadual Miguel Franco Filho de Contenda (Da Assessoria)

Da Assessoria

Pais, funcionários e alunos maiores de 16 anos do Colégio Estadual Miguel Franco Filho, de Contenda, participam recentemente da consulta pública de mudança para o modelo cívico-militar para o ano letivo de 2024 desta instituição de ensino. Promovida pela Secretaria de Estado da Educação, a consulta pública acontecerá em 127 escolas estaduais de ensino regular do Estado. As escolas são do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio e abrangem aproximadamente 80 mil alunos da rede estadual.

Em um processo similar realizado recentemente, os contendenses foram as urnas para a consulta pública de implantação da escola cívico-militar na Escola Municipal Leonor de Moura Carvalho. O quórum mínimo foi atingido e o resultado foi de 91,72% a favor da implantação e 8,28% para não. Nesta nova consulta pública, podem participar professores, funcionários e pais de alunos matriculados na instituição. Estudantes maiores de 16 anos – conforme estabelecido em edital – podem participar do pleito. Para votar, basta levar documento pessoal com foto. Os responsáveis terão direito a um voto por filho menor de idade matriculado na escola.

Para que a implementação seja efetivada, é preciso que mais de 50% das pessoas aptas a votar participem da consulta e que a maioria simples dos votantes (50% e mais um voto) seja favorável ao programa. O resultado da votação deve ser divulgado no dia 5 de dezembro. São 27 unidades em Curitiba. As outras escolas na região, estão localizadas em Contenda, Balsa Nova, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais. Modelo educacional que combina elementos da gestão civil com a presença de profissionais militares da reserva (inativos) na administração e na rotina escolar, a escola cívico-militar integra práticas e valores com os princípios educacionais, visando promover um ambiente escolar mais cívico e voltado para o desenvolvimento integral dos alunos. As escolas cívico-militares foram instituídas no Paraná em 2020. Atualmente são 194 colégios nesta modalidade e 12 do modelo do programa nacional que serão incorporadas em 2024. “O modelo dos colégios cívico-militares sob consulta livre da comunidade proporciona a ampliação do aprendizado devido à maior quantidade de aulas que é oferecida aos estudantes”, afirma o secretário estadual da Educação do Paraná, Roni Miranda. “O processo aprimora a qualidade do ensino com aulas adicionais de português, matemática e da unidade curricular exclusiva de cidadania e civismo, que proporciona conhecimento das leis, da Constituição Federal, além do papel dos três poderes, e de valores como ética, respeito e cidadania”.

junior

Related post