Mais de 80 municípios vão receber recursos do Estado para ações voltadas às mulheres

 Mais de 80 municípios vão receber recursos do Estado para ações voltadas às mulheres
Spread the love

Secretária estadual da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte (Foto AEN)

No Paraná, a luta pela igualdade de gênero e pelo fortalecimento do protagonismo das mulheres ganha destaque com a habilitação de 83 municípios a um programa de financiamento estadual. O Governo do Estado disponibilizou um pacote no valor de R$ 6 milhões para promover ações voltadas às mulheres, e a resposta dos municípios foi expressiva.

Inicialmente, 154 municípios manifestaram interesse em obter o financiamento, mas um requisito essencial era a existência de um Conselho da Mulher e de um Fundo Municipal da Mulher. Após análise documental, 83 municípios foram habilitados para receber o recurso, demonstrando um compromisso sólido com a promoção da igualdade de gênero e o fortalecimento dos direitos das mulheres em suas comunidades.

Uma das constatações mais significativas foi a ampla mobilização dos municípios ao longo do ano para instituir políticas voltadas às mulheres em nível local. Entre os municípios habilitados, 23 deles criaram seus fundos após o mês de agosto, o que mostra um empenho contínuo em promover a igualdade de gênero.

O valor total previsto para o repasse, do Fundo Estadual da Mulher, é de R$ 5.755.000,00, e os valores variam de R$ 45 mil a R$ 210 mil por município, levando em consideração o porte populacional e a infraestrutura já existente para atender às necessidades das mulheres. Municípios que já haviam estabelecido serviços de acolhimento para mulheres em situação de violência, centros de referência para atendimento a essas mulheres ou órgãos de política para mulheres na gestão executiva municipal receberam uma cota maior de incentivo.

De acordo com a secretária estadual da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte, o Paraná demonstra um compromisso notável com a promoção da igualdade de gênero. “Agradecemos aos municípios que aderiram ao programa. O trabalho de empoderamento das mulheres em nosso estado está ganhando força graças a esses municípios. Vamos incentivar mais municípios a se unirem na próxima oportunidade. Juntos, estamos fazendo a diferença”, disse Leandre.

Os recursos podem ser usados para estruturação do Sistema de Governança da Política da Mulher, incluindo o fortalecimento dos Conselhos Municipais, e implementação e/ou aprimoramento de Centros de Referências de Atendimento à Mulher em situação de violência ou similares ou serviços de acolhimento para mulheres em situação de violência e seus filhos.

Leandre lembra que essa iniciativa é uma consequência da mobilização da Caravana Paraná Unido pelas Mulheres, realizada neste ano, e representa um passo importante na promoção da igualdade entre homens e mulheres.

NÚMEROS – Atualmente, o Paraná conta com 191 municípios com Conselho da Mulher e 116 desses têm o Conselho e o Fundo. 41 têm uma Organização da Política da Mulher (OPM) instituída, 18 possuem Centros de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) ou similares, e 17 oferecem serviços de acolhimento. Essa infraestrutura já existente contribui para o sucesso das iniciativas voltadas para as mulheres.

oreporter

Related post