Saúde alerta para o cuidado com a saúde do homem e a importância da vacinação

 Saúde alerta para o cuidado com a saúde do homem e a importância da vacinação
Compartilhe

Foto: AEN

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) lança a campanha Novembro Azul, que este ano traz como tema central “Saúde do Homem: Imunização é Fundamental”. A Sesa reforça o alerta para que os homens mantenham suas cadernetas de vacinação em dia, lembrando que o tema “Imunização é Fundamental” foi criado para sensibilizar a população masculina da importância desse cuidado, sendo comprovado que os homens morrem mais cedo em relação às mulheres e são mais negligentes nos cuidados relacionados à saúde.

A Sesa lembra que as ações para a população masculina acontecem durante todo o ano, de novembro a novembro, de forma permanente e com abordagens nos cinco eixos da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH): acesso e acolhimento, prevenção de violências e acidentes, saúde sexual e reprodutiva, paternidade e cuidado, saúde mental, principais doenças que acometem essa população, estímulo a hábitos saudáveis de vida, entre outras.

Para o secretário da Saúde, Beto Preto, o cuidado deve ser permanente e preventivo. “O homem geralmente busca os serviços de saúde de forma tardia, neste caso é esperado que algumas doenças como neoplasias, doenças cardíacas, respiratórias, diabetes, doenças do aparelho circulatório entre outras, já estejam em estados mais avançados e necessite de um atendimento especializado”, diz.

Segundo ele, é necessário conscientizar a população masculina de que muitos agravos poderiam ser evitados caso os homens realizassem com regularidade as medidas de prevenção primária, principalmente com a vacinação. “Devem procurar as Unidades Básicas de Saúde de forma preventiva, pelo menos duas vezes ao ano, mesmo sem sinais de doenças, para manter suas vacinas em dia, passar por consulta de odontologia e ser acompanhados com o objetivo de monitorar as condições gerais de saúde, voltadas para as particularidades de seus ciclos de vida”.

ATENÇÃO PRIMÁRIA – Neste primeiro nível de atenção à saúde são desenvolvidas ações de promoção, proteção e manutenção da saúde, incluindo a vacinação, tema central desta campanha. De acordo com um levantamento da Sesa, os homens se vacinam menos do que as mulheres. Além de se proteger, a vacina também evita a transmissão para outras pessoas que não podem ser vacinadas. Homens imunizados podem oferecer proteção indireta a bebês que ainda não estão na idade indicada para receber algumas vacinas e de outras pessoas que não estão protegidas. Essa conscientização é uma das medidas mais importantes para a redução de doenças, sequelas e mortes, sendo fundamental para a retomada das altas coberturas vacinais no Paraná, e consequentemente, no País.

O Estado disponibiliza a essa população as vacinas da Covid-19, hepatite B, febre amarela, tríplice viral, dupla adulto e influenza. Todas elas podem ser encontradas nas salas de vacinação dos municípios.

Das mais de 29 milhões de doses aplicadas no Paraná contra a Covid-19, 11.772.996 foram em homens acima de 18 anos. O número representa 39,87% do total. Em relação ao reforço da bivalente, 42,26% receberam esta vacina, de um total de 1.680.001 doses aplicadas, até agora.

POLÍTICA DO CUIDADO – O Cuidado Centrado no atendimento do homem é uma das prioridades da Sesa, a fim de aumentar a procura dos serviços de saúde da população masculina. Esse cuidado enfatiza a ideia de que o profissional de saúde não deve se ater a olhar e observar apenas as doenças por ele relatadas, mas também atentar às necessidades do indivíduo de forma ampla, considerando todos os fatos que envolvem seu estilo de vida. “O objetivo é estabelecer uma relação de confiança entre o profissional e usuário e sua participação na tomada de decisão. O cuidado centrado na pessoa é essencial para o êxito da promoção da saúde e para o autocuidado”, ressaltou a diretora de Atenção e Vigilância da Sesa, Maria Goretti Lopes.

MOBILIZAÇÃO ESTADUAL – Várias ações como encontros e palestras estão previstas no decorrer do mês nos municípios, com o apoio das 22 Regionais de Saúde.

Está previsto um webnário no programa “Terça Tece Linha” da Linha de Cuidado Integral à Saúde da Mulher e Atenção Materno sobre a importância da participação do pai/parceiro no pré-natal, em parceria com a Divisão de Saúde da Família e Coordenação de Saúde do Homem, além de parcerias com instituições como Assembleia Legislativa e Associação Comercial do Paraná para a divulgação do tema. Também será realizada em Londrina uma mobilização social: Saúde do Homem – Imunização é Fundamental.

oreporter

Related post