Estado abre licitação para via metropolitana entre Mandirituba e São José dos Pinhais

 Estado abre licitação para via metropolitana entre Mandirituba e São José dos Pinhais
Spread the love

Estrada ligando os municípios será pavimentada (Foto AMEP)

O Governo do Estado, por meio da Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep), lançou nesta quarta-feira (18) o edital para contratação de empresa para execução de uma obra de pavimentação da estrada rural que liga os municípios de Mandirituba e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

O trecho a ser pavimentado abrange uma extensão de 26,61 quilômetros e receberá um investimento de R$ 110 milhões. A iniciativa resultará na criação de uma nova ligação metropolitana, estabelecendo uma conexão estratégica entre a BR-116, em Mandirituba, e a BR-376 em São José dos Pinhais.

O projeto, cuja contratação do projeto executivo foi iniciada em 2021 para atender a uma demanda histórica da população da RMC, tem seu início no trevo da Volkswagen-Audi, na BR-376, em São José dos Pinhais, estendendo-se até a Rua Gilberto Palu, em Mandirituba, conectando-se à BR-116.

Além de facilitar o deslocamento entre os municípios, a estrada atravessa a Colônia Marcelino, uma região de grande potencial para o turismo rural e religioso. Essa nova via oferecerá uma alternativa relevante para os municípios de Quintandinha, Agudos do Sul, Piên, Campo do Tenente e Rio Negro, situados no segundo anel da Região Metropolitana de Curitiba, além de fundamental para os agricultores locais.

Segundo o diretor-presidente da Amep, Gilson Santos, essa iniciativa também promoverá o desenvolvimento econômico e social em toda a região. “Estamos criando não apenas uma estrada, mas sim um corredor que contribuirá para o turismo, facilitará o acesso a áreas agrícolas e fortalecerá a conexão entre os municípios do segundo anel metropolitano. Esta é uma medida estratégica que visa não apenas melhorar a mobilidade, mas também enriquecer a qualidade de vida de todos os envolvidos”, afirmou.

O edital da obra prevê a pavimentação em concreto, um modelo adotado pela sua resistência e durabilidade superiores, além da inclusão de ciclofaixas e iluminação em trechos de maior circulação de pessoas. O processo licitatório, registrado como Concorrência Eletrônica, está marcado para o dia 27 de novembro às 14 horas, e a proposta vencedora será aquela que oferecerá o maior desconto e vantagens ao Estado. Os interessados ​​podem acessar informações atualizadas no site oficial da Amep.

oreporter

Related post