Brasil tem atuação desastrosa, Uruguai derruba tabu e Diniz perde a 1ª na seleção

 Brasil tem atuação desastrosa, Uruguai derruba tabu e Diniz perde a 1ª na seleção
Compartilhe
Nicolas de la Cruz vibra com segundo gol uruguaio em Montevidéu. Foto: Santiago Mazzarovich/ AP

O Brasil teve uma noite para esquecer nas Eliminatórias da Copa. A seleção jogou mal e perdeu para o Uruguai por 2 a 0 no Estádio Centenário de Montevidéu, a primeira derrota de Fernando Diniz no comando da equipe. O resultado fez os uruguaios derrubarem um tabu de 22 anos sem ganhar dos brasileiros. Darwin Núñez abriu o placar no primeiro tempo, pouco antes de Neymar sair de campo com grave lesão no joelhoDe la Cruz deu números finais ao jogo na etapa complementar.

A seleção brasileira sai dessa Data Fifa menor do que entrou. A empolgação com Fernando Diniz por causa das vitórias sobre Bolívia e Peru foi freada bruscamente com as atuações capengas diante de Venezuela e Uruguai. Houve muitos problemas na equipe, que não soube se movimentar de forma a envolver os adversários e criar lances de perigo para além das bolas paradas. “A curto prazo temos de ser realistas: precisamos melhorar, é inevitável. O momento não é bom, temos de seguir, crescer e implementar o estilo de jogo o quanto antes. Com a adaptação, jogaremos melhor”, analisou o capitão Casemiro após o duelo.

Diniz repetiu durante essa estada com a seleção que seu objetivo não era testar novos atletas. Por isso, manteve a base de Tite, com mudanças de peças pontuais, mas tentando alterar completamente o modelo de jogo brasileiro. Resta saber se o técnico do Fluminense insistirá nesse modelo ou passará a dar oportunidades a outros jogadores antes de entregar o comando para Carlo Ancelotti.

O Brasil volta a se reunir no mês de novembro para os prováveis últimos jogos oficiais de Diniz no comando da seleção, uma vez que em 2024 há apenas amistosos previstos para o primeiro semestre. No dia 16, em Barranquilla, a equipe pentacampeã mede forças com a Colômbia. No dia 21, o Maracanã será palco do grande clássico com a Argentina.

oreporter

Related post