Curso da Saúde qualifica inspeções sanitárias em fábricas de 29 municípios da RMC

 Curso da Saúde qualifica inspeções sanitárias em fábricas de 29 municípios da RMC
Compartilhe
Curso em Curitiba – Foto: SESA

A secretaria estadual da Saúde (Sesa), por meio da Vigilância Sanitária (Visa), iniciou nesta segunda-feira (16), em Curitiba, um curso para fabricantes de saneantes, cosméticos e dispositivos médicos dos 29 municípios de abrangência da 2ª Regional de Saúde, com sede na Capital. O evento também é destinado para inspetores sanitários que atuam nos municípios onde existem estes tipos de indústrias, com o objetivo de favorecer a atuação destes profissionais.

Organizado pela Vigilância Sanitária de Produtos da 2ª Regional Metropolitana, a capacitação segue até esta quarta-feira (18) com palestrantes de diversas instituições e regiões do Brasil, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Regional conta com cerca de 250 fabricantes inspecionados pela Visa.

A iniciativa busca fortalecer a integração das equipes e atualizar normas e instruções para que as inspeções sejam cada vez mais qualificadas e atendam as necessidades da sociedade. O trabalho dos profissionais da inspeção sanitária envolve alimentos, medicamentos, cosméticos, saneantes, produtos para saúde, laboratórios, serviços de saúde das mais diversas complexidades, salões de beleza, farmácias, entre outros.

Para a diretora da Vigilância Sanitária da Sesa, Maria Goretti Lopes, o desenvolvimento de ações em prol da saúde pública garante à população mais segurança e contribui para fortalecer as atividades desenvolvidas pela Visa.

“Esse é o primeiro encontro com representantes de empresas fabricantes de saneantes, cosméticos e dispositivos médicos e nossas equipes da Visa. Controle, validação, qualidade, todos estes temas estão na pauta. Produtores e inspetores podem dialogar e trocar experiências para buscar soluções de problemas que surgem no dia a dia”, afirmou.

VIGILÂNCIA – As ações de vigilância sanitária abrangem um conjunto de medidas que têm por finalidade eliminar, reduzir e prevenir riscos à saúde e intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente. Isso inclui ambiente do trabalho, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse à saúde. Para atender a sua finalidade, cabe à Visa as atividades de educação sanitária, regulação, fiscalização e licenciamentos de estabelecimentos de interesse à saúde.

oreporter

Related post