Parceria com empresa auxilia jovens a entrar no mercado de trabalho em Araucária

 Parceria com empresa auxilia jovens a entrar no mercado de trabalho em Araucária

Parceria com empresa auxilia jovens a entrar no mercado de trabalho em Araucária

Compartilhe

Da Acessoria

Para aumentar as oportunidades de desenvolvimento profissional e contribuir com a empregabilidade do público jovem, o Programa Garoto Cidadão de Araucária está participando do Projeto Mentoria Cidadã, em parceria com a FCSN, da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Na primeira leva do projeto, 3 participantes foram contratados como aprendizes* na empresa.

O educando Luiz Felipe Jomek, de 18 anos, morador do bairro Boqueirão conseguiu seu primeiro emprego na condição de aprendiz como auxiliar administrativo. “Um dos pontos positivos do Mentoria é auxiliar os jovens em muitas áreas. Acredito que uma das maiores contribuições foi ter me ajudado a conquistar o primeiro emprego. Eu comecei no Mentoria em setembro de 2021”, conta o aprendiz, que participa do Garoto Cidadão há 6 anos.

Outro aprendiz do projeto, Lucas Felipe Garcia, de 18 anos, está atuando na área de produção, no setor de embalagens da empresa. O garoto relata que participou da primeira turma do Mentoria – ocorrido entre  setembro e janeiro.  “Nós tivemos alguns encontros no decorrer dos meses com diversos especialistas voltados para a área de trabalho e também tivemos um mentor, que por sorte trabalha na CSN de Araucária. Além de servir como uma porta de entrada para uma das melhores empresas do Brasil nos ajudou a ter uma melhor visão e projeção de futuro”, exclama Garcia.

Parceria com empresa auxilia jovens a entrar no mercado de trabalho em Araucária

O aprendiz complementa dizendo que entrou no Projeto Garoto Cidadão quando tinha 13 anos, havia visto uma apresentação da orquestra e ficou encantado. “Foi a partir daí que comecei a construir minha trajetória lá dentro e que já está no seu final.  Lá descobri o que eu mais gostava, participei de apresentações de danças, teatro e conheci o instrumento que eu toco, a flauta transversal, foi algo que passou por mim e que quero levar para o resto da vida mas não como profissão e sim hobby”, conta Garcia.

Segundo a  coordenadora do Garoto Cidadão em Araucária, Lena Inocêncio, o programa de Mentoria Cidadã tem o propósito de ser uma ferramenta de desenvolvimento profissional para educandos com mais de 16 anos, envolvendo pessoas experientes do mundo coorporativo com a finalidade de auxiliar os adolescentes do grupo avançado do Projeto Garoto Cidadão a encontrar um caminho de vida mais promissor, tendo como alvo o seu progresso e o seu crescimento pessoal, educacional e profissional, baseado em um processo de compartilhamento de conhecimento. 

Quinzenalmente o mentorando encontra-se com o mentor onde tratam de assuntos relacionados ao mundo coorporativo e há discussão com especialistas em temas específicos de recursos humanos, além de receberem dicas sobre mercado de trabalho e carreira; profissões habilidades e competências; recrutamento e seleção; auto conhecimento.

O que é o Garoto Cidadão?
O Garoto Cidadão é um projeto sociocultural realizado na cidade por meio de uma parceria entre a Fundação CSN e a Prefeitura de Araucária. A iniciativa atende educandos com idade entre 9 e 17 anos, proporcionando desenvolvimento humano de crianças e adolescentes que frequentam o projeto três vezes por semana no período de contra turno escolar e participam de atividades como: Música, Teatro, Dança, Artes Visuais, Canto e Coral, Cultura e Cidadania e Expressão da Arte.

Para o gerente geral de operações da CSN/PR, Helton Luciano Fogaça Weiss, o projeto tem grande potencial de gerar mudanças positivas na vida das pessoas. “Impacta na vida dos mentorandos, pois presta suporte aos jovens num período da vida marcado por muitas dúvidas e incertezas. Impacta também na vida dos mentores, pois relembramos de situações do início de nossas carreiras, e na sequência um misto de alegria e orgulho ao ver a evolução e conquistas dos nossos jovens. O resultado é um ganha-ganha para todos os envolvidos!”, avalia o profissional

*Aprendiz
Na condição de aprendiz, o jovem contratado recebe salário e outros direitos trabalhistas e previdenciários, como vale-transporte, 13° salário, férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Tudo devidamente registrado na Carteira de Trabalho e Previdência Social. 

Empresas que queiram contratar aprendizes podem ter incentivos fiscais e financeiros. A Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego pode dar orientações para empresas interessadas em contratar aprendizes pelo telefone/whatsapp (41) 3643-4315 ou (41)3642-4691, email [email protected] e também presencialmente na Agência do Trabalhador.

oreporter

Related post


Isso vai fechar em 5 segundos