Outubro Rosa: Quitandinha terá cavalgada feminina neste sábado

 Outubro Rosa: Quitandinha terá cavalgada feminina neste sábado
Compartilhe

Em alusão ao Outubro Rosa, a cidade de Quitandinha terá, neste sábado (16), uma Cavalgada Feminina. O evento realizado pela cavaleira Sirlete Alves dos Santos é apenas para mulheres e promete não só ser um momento de descontração, como também de conscientização sobre a importância da prevenção e tratamento precoce do câncer de mama.

Antes da cavalgada, às 7h30, as participantes são convidadas a tomar um café na casa do Zeca Mika, onde vão se reunir para saírem juntas. Por volta das 9h, todas devem montar em seus cavalos e cavalgar em direção à Cancha do Jusa, no Cerro Verde, onde será realizado um torneio de laço, sorteios, brincadeiras e ainda a divulgação de informações sobre o Outubro Rosa e o câncer de mama, por parte de profissionais da saúde de Quitandinha. Haverá serviço completo de bar e cozinha e show com Gaby Freitas, Larisse Prorock, Fernanda Mendonça e Érika Santos. Os homens poderão apenas participar do almoço e prestigiar a cavalgada.

Há 22 anos frequentando e acampando em rodeios, Sirlete conta que já perdeu duas amigas de acampamento para o câncer de mama e que isso a fez ter vontade de conscientizar mais mulheres. “Esse é um sonho antigo meu. Tenho amigas que trabalham na saúde e que se propuseram a me ajudar. Compartilhando com as meninas, elas decidiram me apoiar”, diz.

Apaixonada pela liberdade e o contato com a natureza que a cavalgada traz, e disposta a fazer a diferença na vida de outras pessoas, ela teve a ideia de unir as duas coisas em um só evento. Além das mulheres de Quitandinha, todas as demais cavaleiras da região são convidadas a participar.

“Estão todas convidadas a vir cavalgar conosco no dia 16 de outubro, com um belo café da manhã! São mais ou menos 8 km de cavalgada para nos conhecermos, pra conversarmos, ter aquele bate-papo. Chegando no destino, teremos brincadeiras, torneio de laço, um completo serviço de bar e cozinha. Uma tarde com show de prêmios, boa música. Tudo em prol da mulher! Vamos nos valorizar! Aguardo a todas!”, convida Sirlete.

Violência doméstica

Além da prevenção ao câncer de mama, a organizadora diz que pretende abordar o tema da violência contra a mulher e destacar a importância da denúncia: “sabemos que muitas mulheres sofrem algum tipo de agressão e queremos incentivar a procurar ajuda”.

Durante o evento, ela e as companheiras irão propor um minuto de silêncio em apoio à ciclista e estudante Andressa Lustosa, que caiu da bicicleta após sofrer importunação sexual em Palmas (PR), bem como uma homenagem a todas as mulheres que morreram por feminicídio, Covid-19 ou suicídio.

oreporter

Related post