BrasilCidadesDestaqueEleiçõesParanáPolíticaÚltimas Notícias

Você considera as urnas eletrônicas confiáveis?

O segundo turno é neste domingo (28) e novamente todos têm que exercer seu papel como cidadão. Nas votações do primeiro turno, muitas pessoas alegaram terem tido problemas com as urnas eletrônicas. Algumas, inclusive, registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) por não conseguir votar em seu candidato.

“Nós tivemos alguns protocolos feitos por alguns eleitores e estamos dando andamento. Mas o TRE de Curitiba e de outras regiões está fazendo uma auditoria e foi comprovado que não há nenhum problema em relação às urnas eletrônicas aqui no estado do Paraná”, afirma a chefe do Cartório Eleitoral de Fazenda Rio Grande, Samantha Ferst.

Segundo ela, justamente para evitar eventuais fraudes, um processo é realizado antes e após as eleições, em todas as urnas eletrônicas. Um desses processos é a zerésima, que é feita pelo mesário, antes de iniciar os trabalhos em cada sessão. A zerésima confirma que não há nenhum voto previamente computado na urna.

Além disso, os funcionários do TRE e voluntários fazem simulações de voto antes das eleições e verificam se o número registrado condiz com a realidade. Também verificam o software e confirmam se os dados disponibilizados pelo TSE condizem com o registrado nas urnas.

De acordo com Samantha, no primeiro turno, o cartório teve alguns problemas em relação ao funcionamento das urnas, mas que elas foram rapidamente trocadas. A ideia é manter as mesmas estratégias para que tudo funcione da melhor forma.

+ Você sabe usar o e-título?

+ Os eleitores da região estão esperançosos com as eleições 2018?

O tempo e o fato de que Piên, Agudos do Sul e Mandirituba contam com grande extensão rural, podem atrapalhar também. “Tivemos alguns problemas em Piên, porque choveu bastante no dia 7 de outubro, então teve algumas regiões alagadas”, conta Samantha. Ela torce pra que o tempo colabore neste domingo.

Ela diz ainda que já está tudo pronto. As urnas já foram devidamente lacradas e, nesta sexta-feira, estão sendo levadas aos locais de votação. O trabalho dos funcionários foi maior nestas eleições, porque passaram a atender Piên também, com 32 seções. Trabalho esse, que agora deve ser compensado com o voto consciente de cada eleitor.

Samantha orienta que ninguém deixe para votar na última hora e lembra que tirar fotos ou filmar o momento da votação configura crime. Para garantir o voto correto, diz ainda para aguardar até aparecer a foto do candidato na tela, para depois confirmar.

por: Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content