DestaqueEntretenimento

Você acredita em tudo que está na internet?

Confesso amigo leitor que eu não acredito nem em 10%! A tal fake news tomou conta da internet, é tanta da bobagem sendo disseminada, é tanta da besteira sem fonte segura, é tanta mentira e invenções que a internet se tornou um parque de diversões, ou, uma fonte de angústia para quem se dá ao trabalho de pesquisar sobre uma notícia ou postagem antes de acreditar no que vê. E sabem o pior? O povo espalha pelo mundo todo bobagens que nos fazem parar para questionar a capacidade de compreensão do povo brasileiro. Outro dia vi uma reportagem de TV, onde partidos políticos chegam ao ponto de criar perfis falsos para elogiar políticos e tentar promover em redes sociais suas ações. E sabem o pior? Nada pode ser feito! A última cretinice que vi foi de alguém que pegou uma foto de uma atriz pornô, colocou na internet com o nome de Marcela Pereira dizendo que ela ficou em segundo lugar em um concurso de física nuclear na Rússia. Isso entre outras coisas como o fim da Farmácia Popular que era em 2016 e nunca ocorreu, pedaços de vídeos editados fazendo com que as pessoas falem o que não falaram, coisas que são passíveis inclusive de processo judicial, tanto de quem cria quanto de quem dissemina a desgraça.

O fato é que na internet ou nos whatsapp a informação chega fácil, mas na maioria das vezes totalmente desvirtuada para persuadir a mente dos menos preparados. Pior ainda são os blogs que podem escrever notícias falsas, falsas pesquisar ou artigos totalmente infundados servindo inclusive como fonte de pesquisa para muitas pessoas que tomam aquilo como verdade, mas que não possuem nenhum compromisso com a veracidade do que publicam, da mesma forma que não são obrigados a isto.

Olha uma que correu por aí: Pabllo Vittar ganhará programa infantil com o apoio da Lei Rouanet. É o líder do top 10 da fake news: crianças, “ideologia de gênero”, Pabllo Vittar, Globo e Lei Rouanet. Segundo a notícia falsa, o programa seria inspirado no falecido “Xou da Xuxa” e teria ainda um quadro para enaltecer crianças transexuais e homossexuais, além de material educativo para informar melhor o público infantil sobre a normalidade da “ideologia de gênero”. Aí tem quem espalhe por Facebook e por celular uma desgraça dessas, então você fica imaginando quem é mais ignorante: Quem fez ou quem espalha? Sérgio Moro, Temer, Lula, são alguns personagens que mais aparecem nas notícias falsas espalhadas pelo mundo. Então fica a dica amigo leitor: Antes de espalhar verifique se é verdade, olhe quem escreveu, se ao menos leva a assinatura de um jornalista, veja se é de blog ou de algum site de notícias. As coisas já andam tão desanimadoras, não se sujeite a ser mais um elemento disseminador das mentiras e da desgraça sendo usado por outro mentiroso.

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content