CidadesDestaqueFazenda Rio GrandeFazenda Rio GrandePolíticaÚltimas NotíciasVideos

Vereador Gilmar Petry quer mais uma agência da Caixa em Fazenda Rio Grande

Algo cada vez mais recorrente são as filas na agência da Caixa em Fazenda Rio Grande. As filas gigantes comumente terminam fora do estabelecimento. A situação vem gerando insatisfação por parte dos moradores, que esperam horas por um atendimento.

A morador Genilda Lemos, por exemplo, está grávida e já afastada do trabalho. Mas ela conta que, se tivesse que explicar a situação ao chefe, ele provavelmente não entenderia. “A gente faltar e falar que vai resolver alguma coisa na Caixa Econômica e que tem fila grande, que demora, quase ninguém acredita. Mas é a realidade”, afirma.

+ Eleição para suplente do Conselho Tutelar de Fazenda Rio Grande é nessa semana

Entrevistada por volta das 10h da última terça-feira (21), ela comentou que estava há quase meia hora esperando por uma senha e que, provavelmente, só seria atendida após o almoço. Ela chegou a ir ao banco antes, mas diante da fila, desistiu e foi embora.

“Nem tinha aberto o banco ainda e eu já tinha chegado aqui. Mas vou aguardar. Preciso resolver e não tem outro local”, complementa.

O vereador Gilmar Petry está tentando resolver a situação. Na última segunda-feira (20), ele apresentou, na sessão na Câmara Legislativa de Fazenda Rio Grande, um requerimento solicitando enviar ofício à Caixa Econômica Federal no Paraná. Endereçada ao superintendente Renato Scalabrin, o ofício pede respostas sobre como a Caixa pretende resolver a superlotação, bem como se há projetos no sentido de construir uma nova agência.

“Eu acho que a cidade, hoje, com mais de 140 mil habitantes, já passou da hora de ter mais uma agência”, explica Petry. Segundo ele, esse novo prédio poderia ser do outro lado da BR-116, na região Central.

O vereador conta que foi à Caixa ajudar uma senhora, há alguns dias, e que após horas aguardando uma senha, ela foi informada de que teria que esperar por mais 6 horas pelo atendimento.

Para o vereador, isso é um grande problema. “Até por questões de segurança, porque se você estiver com um numerário, há um risco de ficar lá fora da agência. Também em dias de chuva, dias de frio, aguardando para poder adentrar na agência. E depois mais algumas horas para poder fazer seu trabalho lá dentro”, ressalta Petry.

Por: Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...
Close