Campeonato AmadorCidadesDestaqueEsportesFazenda Rio GrandeÚltimas NotíciasVideos

Vereador Dudu Santos apresenta anteprojeto solicitando isenção na taxa de arbitragem. Com isso, times terão que se organizar

Os campeonatos de futebol amador de Fazenda Rio Grande terão mudanças. Graças a um projeto do vereador Dudu Santos, enviado no ano passado ao executivo, os times serão isentos de pagamento de taxa de arbitragem para participar das competições. Como contrapartida, porém, terão que se organizar melhor.

Até o dia 5 de julho, os times terão que se adequar, apresentando CNPJ, estatutos e diretoria constituída. Assim, poderão participar da próxima Copa Fazenda e estando isentos da taxa de arbitragem.

“Já provamos que na quantidade conseguimos alcançar mais de dois mil atletas. Agora é necessário também ter equipes organizadas, pra que essa isenção prevaleça independente de quem for o vereador ou o prefeito, pro resto da história de Fazenda Rio Grande”, explica o vereador Dudu Santos.

Ele diz que a isenção é válida, uma vez que futebol amador é uma política pública e, esta, por sua vez, uma responsabilidade do município. Por outro lado, ele diz que as equipes também precisam se organizar e se enquadrar na lei municipal.

“Teremos uma competição de nível ainda maior e com dirigentes ainda mais organizados”, destaca Santos. Para ele, o futebol é mais que os jogos em si. “Além da competição que é o que chama atenção das equipes, também envolve as famílias que estão lá, usufruindo dos nossos parques que estão sendo reformados”, complementa.

O projeto voltará para leitura e votação na câmara pelas próximas sessões, e depois passará para o executivo. Segundo o vereador, o prefeito se comprometeu em sancionar a lei.

Com isso, os times terão mais autonomia. Os dirigentes poderão, inclusive, buscar recursos a nível estadual, federal para projetos de suas equipes.

Copa Fazenda

Prevista para começar no dia 4 de março, a Copa Fazenda terá 32 equipes. Serão 24 times divididos entre as séries A e B e outras 8 equipes na série C. Para falar de como funcionará a disputa esse ano e explicar também a questão de se adequar à lei, a secretaria de esporte está se reunindo com os times desde a segunda-feira (5).

O coordenador de esportes, Bruno Assis, disse que uma das equipes foi suspensa nesse ano por W.O. no ano passado, e também explicou como funcionará a série C no ano que vem. Das 17 que jogarão esse ano, 10 serão classificadas para o próximo. “Pro ano de 2019 serão 12 equipes. 8 equipes irão cair pra uma divisão de acesso. Essa divisão de acesso junto com as outras equipes que queiram participar, irá classificar 2 pra subir pra série C”, conta.

Outro ponto destacado pelo coordenador é que com a reforma dos parques onde são realizados os jogos, as disputas poderão acontecer também durante a semana e à noite. Isso era algo muito esperado pelos atletas que acabavam perdendo os jogos em decorrência de chuvas em dias anteriores.

Por Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Verifique também

Close
Loading...
Close