DestaqueMandiritubaMeio Ambiente

Terra de belezas naturais: conheça alguns dos pontos turísticos de Mandirituba

Como grande parte de Mandirituba ainda conta com grandes áreas da vegetação, as belezas naturais são inúmeras. Desde espaços verdes, onde é possível fazer trilhas prazerosas, até cachoeiras para admirar e se refrescar, o que não falta é opção para visitar e entrar em contato com a mãe-natureza.

Um dos destaques, que é raridade em todo o país, é um pinheiro com quase 500 anos de idade. Patrimônio do município, a árvore tem um tronco que é tão extenso, que são necessárias cinco ou seis pessoas para abraçá-lo. Além disso, é uma árvore nativa, localizado em propriedade particular.

A Reserva Ambiental Mãe da Mata é outra atração cujo principal foco são grupos escolares. Os 57 hectares de floresta abrigam uma trilha, onde é possível enxergar diversos ecossistemas como várzea, campo e as tradicionais araucárias. A intenção da reserva é proporcionar uma educação ambiental aos visitantes, sensibilizando-os quanto à importância de preservar.

E não para por aí. A cachoeira da Rocinha, visitada por vários turistas e também moradores, é outra beleza de Mandirituba, que atrai caminhantes, admiradores e até ciclistas, que se divertem andando de bicicleta por entre a água corrente.

Outro lugar com córrego de água é a Caverna do Palermo. O acúmulo de pedras que deram origem à caverna, fica em uma propriedade particular, na Serra do Palermo, que é outro lugar digno de visita e contemplação: além da mata, a serra também abriga várias espécies animais, em especial o macaco bugio.

A produção de camomila é outro destaque da cidade, não só para economia, já que o município é a capital nacional e também está em 1º lugar na América Latina, com relação ao cultivo da planta, mas também pela beleza e o perfume das flores que se estendem por diversos campos da cidade.

E Mandirituba também é berço de uma grande produção de mel, que é um pouco diferente do tradicional por ser feito pelas abelhas Manduri, típicas na cidade. A grande quantidade desses bichinhos nativos e sem ferrão foi o que resultou, inclusive, no nome do município. Mandirituba é uma junção das palavras Manduri e etyba (abundância). Ou seja: cidade com muitas abelhas.

Esse é um pequeno recorte de todas as belezas mandiretubenses, mas ainda há várias outras cachoeiras, trilhas, florestas, parques aquáticos, pousadas e tantos outros lugares para serem visitados. O turismo já começa no centro da cidade, com o Parque Municipal de Eventos, onde serão realizados os shows da festa de 57 anos, e a Praça Bom Jesus, onde estão a Paróquia central e um chafariz que não é pra qualquer município e chama atenção de todo turista.

Por: Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content