Entretenimento

Starbucks pede desculpas a homem que recebeu mensagem indelicada com seu café

De acordo com o Starbucks, um café mocha branco de 470 ml, quando feito com leite integral e acompanhado de chantilly, tem 470 calorias e 59 gramas de açúcar. No entanto, ele não deveria vir com comentários maldosos.

Um cliente do Starbucks recebeu esta mensagem desagradável juntamente com seu café. (Kaitlyn Chana/Action News Jax)

A cadeia conhecida no mundo todo pediu desculpas a um homem da Flórida que afirma ter pedido um café mocha branco e recebido uma mensagem desagradável na etiqueta do copo: “DIABETES, AQUI VOU EU”.

O Action News Jacksonville contou que o incidente ocorreu na manhã da última sexta-feira.

Um cliente do @Starbucks afirmou estar chateado com a mensagem que recebeu colada em seu café. Detalhes no @ActionNewsJax.

“Eu fiquei em choque,” disse o cliente, que não quis se identificar, ao programa. “Aquela primeira palavra imediatamente trouxe a imagem das minhas duas irmãs à minha mente, e eu fiquei sem ação.”

O homem contou que suas duas irmãs sofrem de diabetes tipo 1 e que a mensagem maldosa reacendeu lembranças “do quanto elas lutaram e de todas as consultas médicas que tiveram.”

“Isso é algo que nós definitivamente não aceitamos,” disse Kent Miller, gerente da loja, à afiliada da Fox e da CBS.

“Nós nos esforçamos para oferecer uma experiência inclusiva e positiva para nossos clientes, e estamos decepcionados por este incidente ter ocorrido,” afirmou o Starbucks em uma declaração oficial. “Nós estamos trabalhando diretamente com o cliente para pedir desculpas pela sua experiência, e com nossos parceiros para assegurar que isso não ocorra de novo.”

O cliente disse que não estava buscando um pedido de desculpas — ele só queria garantir que algo assim não acontecesse outra vez.

“Ver e saber os detalhes da batalha que minhas irmãs tiveram que enfrentar quando cursavam a terceira e quarta séries, definitivamente mexeu comigo,” disse ele. “E eu não queria simplesmente deixar isso passar.”

Ele rabiscou sua própria mensagem para o funcionário desrespeitoso: “[Duas] das minhas irmãs são diabéticas, então … nada engraçado.”

Este cliente do @Starbucks quer que o funcionário do #Starbucks saiba que suas irmãs sofrem de diabetes tipo 1.

Foi a segunda vez na mesma semana que o Starbucks da Flórida apareceu em rede nacional nos Estados Unidos.

Na terça-feira passada o governador da Flórida, Rick Scott, estava na fila de uma das unidades do Starbucks quando uma cliente trabalhando em seu notebook notou a presença dele e começou a criticá-lo.

“Você cortou o Medicaid [programa de saúde social], então eu não pude receber oObamacare [Lei de Proteção e Cuidado ao Paciente],” gritou a mulher. “Você é um babaca.”

O impopular governador republicano, cujo índice de aprovação caiu e está em 38% no Estado, tentou explicar que não cortou o Medicaid, apenas se recusou a expandi-lo.

No entanto, a explicação não foi suficiente para a cidadã.

“Você não se importa com as pessoas da classe trabalhadora,” disse ela. “Você deveria ter vergonha de aparecer por aqui.”

Yahoo News
Dylan Stableford

Fonte: Yahoo

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...
Close