BrasilCidadesDestaqueMandiritubaParanáÚltimas Notícias

Se você recebe o BPC, atualize seu cadastro imediatamente!

Facilmente confundido com uma aposentadoria, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) é o pagamento de um salário mínimo mensal a idosos com mais de 65 anos, pessoas com deficiência ou doenças incapacitantes. O benefício é pago a essas pessoas que não contribuíram com o INSS e vivem em situação de vulnerabilidade.

Muitos, porém, acreditam que estão recebendo uma aposentadoria comum. E não sabem da necessidade de atualizar seus cadastros para não perder o pagamento. A diferença entre aposentadoria e BPC é que o BPC não inclui o pagamento do 13º salário no final do ano. Se você é beneficiário desse serviço, tem até dezembro deste ano para atualizar seu cadastro no CRAS de sua cidade.

+ Operação Aliança termina em quatro prisões, entre outras abordagens

+ Programa Morar Legal de Mandirituba vai regularizar 1750 terrenos

O prazo estipulado pelo Governo Federal era até o final de 2017, mas foi prorrogado porque muitas famílias não se apresentaram. Até o momento, segundo a psicóloga e coordenadora do CRAS de Mandirituba, Jéssica Godói, 180 famílias ainda não compareceram para fazer a atualização. Por isso, elas acabarão perdendo o benefício e consequentemente todo o processo para recebê-lo.

bpc

A secretária de assistência social e vice-prefeita Rosilene Weber faz um apelo aos moradores que recebem o benefício, para que procurem o CRAS o quanto antes. “Nós estamos via rádio, via jornal, divulgando o nome dessas pessoas, pra que elas venham atualizar esse cadastro. Depois não adianta procurar a assistência social, dizendo que perdeu o benefício. A gente pede que venha até o CRAS o quanto antes pra atualizar esse cadastro”, diz.

Em Mandirituba, a atualização é feita diretamente no CRAS, na Rua Pedro Batista Barbosa, 74 (rua da Igreja), das 8 às 17h. É preciso levar os documentos de todas as pessoas que residem na mesma casa do beneficiário, sendo eles: RG, CPF, CTPS, Título de Eleitor e comprovante de residência atualizado (últimos três meses). Também é importante que a renda per capita da família não ultrapasse 1/4 do salário mínimo.

Por: Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...