DestaqueMandirituba

Resgate histórico da cultura mandiritubense e caiçara marca noite de apresentações no Teatro Municipal

O Teatro Municipal de Mandirituba foi palco de duas grandes representações da arte: de um lado o Fandango Caiçara e do outro a vida e obra de Tonico Pires, um grande poeta de Mandirituba.

Pouco antes da apresentação do Grupo Mandicuera, pudemos conhecer um pouco mais da trajetória deste simpático senhor, um humilde agricultor que viveu na região do Santo Amaro e encantou a população com suas belas poesias relacionadas ao município, através de depoimentos da família e de recitações de suas obras.

“Poder reviver a história de um artista local e ter o contato com a família é um privilégio que nos faz movimentarmos a nossa cultura e fortificarmos nossos laços como mandiritubenses”, ressaltou Maraci Nickel, Secretária de Educação, Esporte e Cultura de Mandirituba.

Logo após a homenagem a Tonico, contemplamos a parceria de Aorelio Domingues com Cleiton Prado, outro mestre do fandango. Na apresentação fica evidente a mescla sonora das influências do fandango paulista (como os ponteios de machete e os andamentos mais acelerados das marcas) e o caráter de protesto intrínseco a boa parte das composições que resultaram desta parceria.

Na ilha dos Valadares- PR, assim como em outras áreas do território caiçara que se estende do litoral sul-fluminense ao litoral norte do Paraná, a função do Fandango vem extrapolando seu papel poético e festivo, assumindo-se também como ferramenta para que as comunidades afirmem sua identidade frente às pressões externas e ao apagamento histórico. 

Contornos e texturas sonoras, reflexos do engajamento político e dos anseios de inovação e recepção de novos públicos marcaram a apresentação do Grupo em prol da difusão do Fandango Caiçara.

 

Idealizadores do projeto Memorial Tonico Pires – A vida e a obra do amado poeta mandiritubense: Mônica Andrade Luz, Matheus Gonsalves das Neves, Junior Alves,  Camilla Maria Magalhães Azevedo, Cristiane Pires e Roberta Joana.

 

Poema de Tonico Pires sobre Mandirituba

O nosso município 

Tem um futuro brilhante

Caminha pisando firme

Com seus passos de gigante

Com a indústria e agricultura 

e o Bom Deus nas altura

Quem não esquecemos um só instante

Falando em Mandirituba

até me cinto orgulhoso

Sempre amei o trabalho

eu nunca fui preguiçosso

por eu ser Mandiritubense

um povo que luta e vence

mas eu não sou perigoso

Administração não está bem

a gente reclama e protesta

quando está bem

a gente reclama e protesta

quando está bem 

a gente ajuda e não molesta

a nota do município é cem 

aqui está tudo bem

por isso ele está em festa.

 

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content